GNV

Vale a pena colocar GNV em 2022?

Essa é uma pergunta que muitos brasileiros que a resposta!

Será que ainda vale a pena colocar GNV em 2022, inclusive para caminhões

Vídeo demonstra a opinião de um taxista experiente que comenta se ainda vale a pena colocar GNV em 2022.

Segundo sua opinião, com certeza para quem roda diariamente, compensa ainda ter o veículo movido a gás GNV, apesar do preço do kit gás ter aumentado bastante girando em torno de R$ 5 mil.

Ele comenta também que um taxista consegue pagar um kit gás geração III (mais barato) em torno de seis meses. Com a gasolina e o álcool mais caros, compensa ainda mais ter seu veículo movido a gás.

Os pontos negativos em se ter um kit gás instalado é ter que ser obrigado a fazer a vistoria do gás em lojas credenciadas, apesar de ser uma garantia maior de segurança. Também se perde boa parte do espaço da mala, as retomadas de velocidades ocorrem de forma mais lenta e o peso maior causa consequentemente um desgaste maior na suspensão.

Porém, o consumo e o gasto no final do mês compensa, além do que em alguns estados é dado um subsídio de abater em até 70% o valor à ser pago anualmente de IPVA.

Bem sabemos que para veículos de passeio compensa ter um veículo movido a gás, mas para caminhões será que é vantajoso também?

Vejam os comentários sobre ter ou não um caminhão movido a gás

Sim, ter um caminhão movido a gás GNV é uma boa opção para driblar o preço do diesel. A montadora Scania já vendeu 600 unidades de caminhões movidos a GNV e está também comercializando veículos movidos a GNL – Gás Natural Liquefeito.

Tendo o valor do óleo diesel nas alturas, a substituição desse combustível por gás para os caminhões é um bom negócio.

Apesar da possibilidade de utilização do gás em veículos pesados, a Scania até o momento é a única a fabricar e comercializar modelos de GNV no Brasil.

Várias transportadoras dentre outros grupos no Brasil, apostaram na tecnologia do gás como uma transição antes da eletrificação total.

Os motores a gás da Scania são motores a diesel convertidos, com projetos desenvolvidos especialmente para rodarem com GNV.

São motores de ciclo Otto de 9 e 13 litros com potências de 280 cv e 340 cv respectivamente e que atendem a Euro 6, que é uma norma de emissão de poluentes em que no Brasil só entrará em vigor em 2023.

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 1 de junho de 2022 13:22

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Após o anúncio feito pelo governador do RJ referente à redução da alíquota do Icms, Procon fiscaliza postos de combustíveis

Ao comprovarmos os cálculos das reduções que deveriam ocorrer dos preços dos combustíveis, percebemos irregularidades

2 horas atrás

Quadrilhas especializadas em roubo de cargas agora passam a mirar os caminhões para venda no mercado paralelo

Os criminosos encontram vantagens em várias situações e agora também miram os caminhões para revenderem…

2 horas atrás

Caminhoneiro em fúria destrói casa de namorada com seu caminhão

Esse caso aconteceu na Escócia em 2021 e demonstra o quanto um motorista pode ser…

3 horas atrás

Caminhoneiro desabafa “Não precisamos de Mil reais, precisamos é de um frete mais justo”

Ele desabafa e dá seu depoimento sobre o que está acontecendo. Ele comenta que não…

3 horas atrás

Motorista desvia de carros para evitar acidente e sua criança perde a vida após caminhão tombar

O acidente ocorreu nesta segunda (4), na BR-153 e o caminhoneiro era o pai da…

3 horas atrás

PRF flagra homem dormindo em cavalo na BR-163

O homem estava com sinais de embriaguez durante a abordagem dos agentes.

5 horas atrás