Dicas para motorista

Custos e lucros: Vale a pena fazer entregas para o mercado livre?

Vale a pena ou não fazer entregas pelo Mercado Livre?

Uma das maiores marcas do mercado de vendas online, o “Mercado Livre” que demanda muitas entregas diariamente e em todo o Brasil

O Mercado Livre é uma empresa argentina, com sede em Buenos Aires, incorporada nos Estados Unidos e que opera marketplaces online.

Ele foi fundado em agosto de 1999 na Argentina. Possui mais de 30.000 funcionários e teve um faturamento em 2021 de 7,07 bilhões de dólares.

Seus fundadores são Stelleo Passo Tolda, Marcos Galperin e Hernán J. Kazah. Seu CEO é Stelleo Passos Tolda.

Bem, apresentações à parte, a empresa Mercado Livre demanda diariamente muitas entregas em todo o Brasil e isso atrai muitos interessados em fazer parte desse processo, inclusive os entregadores.

Mas e aí? Vale a pena fazer entregas pelo Mercado Livre?

Vídeo mostra todo o processo para atuar com o Mercado Livre, desde a contratação até a entrega.

O primeiro dia para custear os gastos, principalmente com combustível, já vai dar uma ideia para saber se vale a pena ou não fazer as entregas desta grande empresa.

Ele entrou no CDD – Centro de Distribuição de seu estado do Mercado Livre recebeu um lanchinho e carregou seu veículo com seus produtos.

A primeira etapa para ganhar tempo é organizar os pacotes de acordo com os trajetos, ou seja, a cada 20 pacotes ele separa, isso ajuda bastante para cumprir as rotas.

Ele comenta que as entregas são bem próximas uma das outras e após aproximadamente 30 entregas ele percorreu pouco mais que 30 quilômetros.

Ele dá dicas de roteirização e de como ele organizou o trajeto de ida e volta. Saiu tranquilamente 08:45h e as 15:20h concluiu todas as entregas, chegando em sua casa 15:30h. Ele gastou aproximadamente ¼ de combustível e ao final ele fará a conta de quanto consumiu de combustível.

Ele comentou que é um pouco cansativo, mas que dá para fazer tranquilo. O lanchinho que deram deu para enganar a fome.

Ao final, ele percorreu 69,7 km e abasteceu R$ 46,96. O mercado livre pagou 164 reais para ele. Fazendo as costas então, 164 reais menos 46,96 reais, sobraram 117 reais de lucro, mas que o correto seria tirar também o desgaste do carro, mas ele não faria isso nesse momento, pois quer apenas demonstrar o quanto ganha ao final.

Se ele trabalhar de segunda a sexta fazendo entregas, em torno de 20 dias por mês mais ou menos, ganharia 2.340 mil reais por mês. Para muitos pode ser pouco para outros pode valer a pena!

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 23 de junho de 2022 12:00

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Após o anúncio feito pelo governador do RJ referente à redução da alíquota do Icms, Procon fiscaliza postos de combustíveis

Ao comprovarmos os cálculos das reduções que deveriam ocorrer dos preços dos combustíveis, percebemos irregularidades

2 horas atrás

Quadrilhas especializadas em roubo de cargas agora passam a mirar os caminhões para venda no mercado paralelo

Os criminosos encontram vantagens em várias situações e agora também miram os caminhões para revenderem…

2 horas atrás

Caminhoneiro em fúria destrói casa de namorada com seu caminhão

Esse caso aconteceu na Escócia em 2021 e demonstra o quanto um motorista pode ser…

2 horas atrás

Caminhoneiro desabafa “Não precisamos de Mil reais, precisamos é de um frete mais justo”

Ele desabafa e dá seu depoimento sobre o que está acontecendo. Ele comenta que não…

3 horas atrás

Motorista desvia de carros para evitar acidente e sua criança perde a vida após caminhão tombar

O acidente ocorreu nesta segunda (4), na BR-153 e o caminhoneiro era o pai da…

3 horas atrás

PRF flagra homem dormindo em cavalo na BR-163

O homem estava com sinais de embriaguez durante a abordagem dos agentes.

5 horas atrás