Categorias: Sem categoria

Conheça a história dos road trains australianos

Os maiores caminhões do mundo, os road trains ou rodotrens, são característicos da Austrália.

Veja esse vídeo incrível que conta a história dos maiores caminhões do mundo e da Austrália

Praticamente se confundido com o continente Oceania devido a sua enorme extensão, a Austrália possui características peculiares em relação a outros países do mundo.

Ela é o sexto maior país do mundo em extensão territorial, porém devido a seu solo pobre e desértico, apresenta pouca agricultura. Apesar disso, ela se apresenta com um dos maiores produtores de gado do mundo e riquezas através dos minérios de ferro, alumínio, urânio, ouro, chumbo, níquel e zinco.

Devido a esse panorama, dá para ter uma ideia do porque os road trains predominam nesse país, pois trata-se de um país muito grande, com relevo plano, cercado por oceanos e sem divisas com outros países, porém, com muita carga pesada para transportar.

Os primeiros trens rodoviários surgiram em alguns países da Europa e Austrália no fim do século XIX e início do século XX.

Em 1900 John Fowler & Co forneceu trens rodoviários blindados para uso pelas Forças Armadas britânicas, idealizado pelo capitão Charles Renard do Corpo de Engenharia Francês.

Também no ano de 1900, o Landwehr Zug, criado pelo famoso professor Ferdinand Porsche, não foi apenas uma espécie de trem, mas um dos primeiros veículos híbridos, pois utilizava motor a combustão para gerar eletricidade para os motores elétricos presentes nos reboques.

Projetado para transportar equipamentos pesados para tropas no campo, tiveram grande participação na Primeira e a Segunda Guerra Mundial. 

Em 1903, um trem rodoviário, idealizado pelo capitão Charles Renard do Corpo de Engenharia Francês, foi exibido no Salão de Paris.

A criação dos Road trains modernos na Austrália é atribuída ao australiano Kurt Johansson. Ele era motorista de caminhão desde a adolescência, dentre outras profissões e se interessava pela mecânica e invenções e por volta dos anos 30, ousou construir um veículo capaz de transportar 100 cabeças de gado por 320km em uma das estradas do Outback Australiano.

O veículo transportava cinco vezes mais gado do que era possível até aquele momento e teve vários sucessores.

Após a segunda guerra, o inventor pode comprar caminhões e outros itens mecânicos excedentes do exército americano e com esses veículos foi capaz de construir o primeiro trem rodoviário moderno do mundo, com três reboques, usando um caminhão porta tanques Diamond T980. 

Uma das primeiras fabricantes a se interessar pela ideia foi a australiana Freighter trailers, que passou a construir comercialmente a nova modalidade de transporte e que passaria, em pouco tempo, a ser bastante utilizada no país. 

Os trens rodoviários seriam utilizados para transportar todos os tipos de produtos que eram comercializados na época, como o gado, o combustível, minérios etc.

Seu transporte de baixo custo desempenhou um papel significativo no desenvolvimento econômico de áreas remotas e conseguiu mudar a forma como a pecuária era transportada.

Algumas comunidades dependem totalmente do serviço com regularidade e com isso, viriam várias regulamentações sobre o deslocamento dos grandes caminhões.

A Austrália possui estradas tão longas que usam placas com jogo de perguntas para manter os motoristas acordados, um trecho, entre as cidades de Balladonia e Caiguna tem 144KM sem uma única curva sequer. 

Nas estradas públicas, a legislação local permite combinações geralmente com 3 reboques e semi reboques, que em algumas vezes podem chegar a 4, com comprimento total limitado a 53,5 metros. Isso permite um PBT – Peso Bruto por Total, de aproximadamente 120 toneladas. 

Os 53,5 metros permitidos em rodovias públicas, embora sejam impressionantes na Austrália, principalmente se comparado com os gigantes rodotrens permitidos no Brasil, de até 30 metros, ainda podem ficar pequenos se comparando com os rodotrens que rodam em estradas particulares dentro de grandes mineradoras, onde não possuem uma limitação estipulada por legislações. 

Na Austrália os road trains de mineradoras podem ter mais de uma dezena de carretas, os caminhões além de já terem motores potentes, ainda podem receber aprimoramentos para facilmente ultrapassar os 1000cv. 

Usualmente, transportam cerca de 200 toneladas com 7 carretas de mais de 30 eixos e podem chegar a 460t e ainda ter um segundo motor adicional, instalado em uma das carretas.

Confira o vídeo! É impressionante!

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 22 de abril de 2022 11:23

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Quem ganha mais? Caminhoneiro ou Uber

Uma dúvida muito grande e que vem interessando curiosos em saber qual é a melhor…

5 horas atrás

Motorista de ônibus de viagem paga as refeições quando para em algum restaurante?

Afinal, você sabe se o motorista que atua normalmente em viagens tem ou não que…

5 horas atrás

Chorão pede que Bolsonaro pare de ouvir Paulo Guedes

O que um dos principais líderes dos caminhoneiros vem alegando para o presidente Bolsonaro é…

5 horas atrás

Em Minas Gerais o IPVA atrasado de 2022 e de anos anteriores pode ser pago em até 12x

A medida é muito favorável para quem quer regularizar seus pagamentos junto ao Detran, contudo…

5 horas atrás

Com a alta do diesel vale a pena ter caminhão elétrico?

O fato de que o consumo de diesel libera partículas mais poluentes no ar, como…

6 horas atrás

Caminhoneiro tem atitude sensacional com seus colegas de trânsito

Em um vídeo divulgado pelo canal crozzo yt do youtube, mostra um caminhoneiro muito diferente…

10 horas atrás