Caminhoneiro

Vai ter greve dos caminhoneiros em novembro?

Uma nova paralisação, principalmente dos caminhoneiros autônomos, está marcada para ocorrer nesta segunda (01).

Caminhoneiros continuam descontentes com os sucessivos aumentos dos combustíveis, as falas do atual ministro da Infraestrutura, acrescido das atuais propostas do governo 

Estando muito descontentes com os contínuos aumentos dos combustíveis (sem freio) face aos aumentos do barril do petróleo no exterior e ao aumento da variação da cotação do dólar em relação ao real, mais as propostas consideradas como piada para a maioria da categoria e ainda as atuais falas do ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, caminhoneiros decidem manter a greve e apostam em uma maior adesão que a greve nacional de 2018.

Apesar da recomendação das principais lideranças da categoria, motoristas profissionais pretendem parar e não descartam fechar parcialmente as rodovias na véspera do feriado de Finados.

Preocupação nacional

A expectativa da greve preocupa bastante porque em 2018, quando a categoria parou por dez dias, diversas cidades tiveram problemas de abastecimento de produtos essenciais, como combustíveis e alimentos. 

Naquela época, a mobilização só começou a diminuir após um acordo entre o governo federal e representantes da categoria, para baixar o preço do diesel.

Lideranças dos caminhoneiros autônomos, garantem que a adesão à greve do dia 1º será alta e ainda maior que a de 2018.

Não podemos dizer ainda qual será o tamanho da greve dos caminhoneiros prevista para 1º de novembro no país, porque os caminhoneiros autônomos, em especial, são uma categoria descentralizada, que não respondem necessariamente às convocações de lideranças e entidades. 

Em alguns estados como Piauí (PI), Rio Grande do Sul (RS) e Santa Catarina (SC), lideranças disseram que os motoristas não vão parar. De 2018 para cá, já existiram outras tentativas de greve. Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, foram 18 convocações de greve por parte dos caminhoneiros autônomos desde então. 

Nenhuma teve disseminação pelo país. Como medida de incentivo, nessa última sexta-feira (29), estados e Distrito Federal congelaram o ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços dos combustíveis por 90 dias. Porém, autônomos criticaram a medida, dizendo que ela é “paliativa” e não resolverá os problemas descritos por eles.

Em 2018, os caminhoneiros foram “usados” pelas grandes transportadoras de cargas e pelo agronegócio e o atual presidente da República pegou carona apoiando a greve, mas sem chances dele agir agora da mesma forma.

Teremos que aguardar para verificarmos o tamanho da mobilização e os impactos que isso vai gerar na economia e nos diverso setores em todo o país.

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 1 de novembro de 2021 09:56

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Impressionante! Vídeo mostra um caminhoneiro que se salva por um milagre e sai ileso de sua cabine!

A bíblia caiu em seu colo e ele acredita que isso o salvou da morte!…

4 horas atrás

Muitos atoleiros e filas de carretas no Piauí e Mato Grosso

Caminhoneiros enfrentam muitas dificuldades e atoleiros. Caminhoneiros gravam vídeos demonstrando as péssimas condições das estradas…

4 horas atrás

Caminhoneiros se reúnem para expor seus “pesados”

Encontro em Santa Isabel/SP ganha força e caminhoneiros de todo o Brasil se reúnem. A…

4 horas atrás

Caminhoneiro tenta atravessar enchente e se dá mal

Ele tentou passar por uma via e o motor apagou. Veja abaixo dicas de como…

5 horas atrás

Suspeito é preso em Ribeirão Preto e PM recupera carga roubada por bandidos disfarçados de delegados

PM recupera carreta carregada com óleo vegetal A carga foi recuperada, mas caminhão não foi…

5 horas atrás

Uber inova adotando serviço de transporte coletivo para empresas

Novo serviço é para transporte de funcionários de empresas Uma das maiores empresas de transporte…

12 horas atrás