Caminhoneiro

Economia em viagens: Dicas para caminhoneiros pagar menos no trajeto

audima

Tarefa que vem sendo cada dia que passa mais difícil para os caminhoneiros

Ultimamente está cada vez mais difícil encarar uma estrada e ficar nela dias e dias durante uma viagem. Esta é a tarefa diária dos caminhoneiros do Brasil que enfrentam vários obstáculos para poder entregar mercadorias e produtos que consumimos.

Em época de inflação elevada, frete baixo e o preço dos combustíveis nas alturas se faz necessário procurar alternativas para economizar nos custos do frete.

Vejamos algumas formas de economia para você ganhar mais e gastar menos nas viagens:

1°: Planejamento

Vale a pena ter um planejamento estratégico para todo o percurso da viagem, isso inclui quanto gastará combustível, comida, estadia e ter informações da logística do lugar e do tempo necessário da viagem, além de garantir um frete na hora de voltar para casa.

2°: Manutenção

É imprescindível manter a manutenção do seu caminhão em dia. Fazer um gasto que não estava nos seus planos irá pesar no bolso e repercutir no tempo de viagem ocasionando uma mudança que não estava em seus planos.

3°: Direção

Pratique a direção defensiva, com ela você proporciona segurança para si e as demais pessoas no trânsito, além de evitar um grande acidente que poderá não apenas trazer danos materiais como interferir diretamente na saúde e sua própria vida.

4°: Velocidade

É necessário se atentar quanto a velocidade. Tanto a frenagem quanto a aceleração desgastam peças do sistema mecânico e aumentam o consumo de diesel.

“Manter a velocidade constante e a trajetória retilínea , é o que na física chamamos de se manter em MRU( movimento retilíneo uniforme), essa atitude ajuda bastante para economia de combustível nos veículos,” afirmou o professor de física e química e instrutor do Sest Senat, José Leonardo. 

5°: Calibração

É de suma importância manter em dia a calibração dos pneus, já que o atrito com o solo influencia diretamente na economia de combustível.

“Pneus vazios ,aumentam a superfície de contato com o solo ,aumentando assim ,o atrito com o asfalto e consequentemente,a força de atrito ,com uma força de atrito maior, é necessário uma aceleração maior para compensar o aumento dessa força .

E com maior aceleração ,maior injeção de combustível ,maior queima desse combustível ,e aumento significativo no consumo”, pontuou o instrutor. 

6°: Combustível

Em época de preços altíssimos do combustível vale a pena pesquisar locais onde o valor está mais em conta e procurar programas de fidelidade que muitos postos oferecem dando descontos.

Foto: Instrutor e professor de física e química do SEST SENAT há quase dez anos. / arquivo pessoal

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 20 de novembro de 2021 14:41

João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Homem constrói casa de três quartos e dois andares sobre um caminhão

É uma verdadeira casa sobre rodas, na qual se entra por meio de uma escada.…

5 horas atrás

Fiat deve lançar uma concorrente para Hilux

As marcas tentam inovar no segmento das picapes médias no Brasil, que deve ser cada…

6 horas atrás

Não recebeu o auxilio caminhoneiro? veja oque pode ter acontecido

Governo Federal impõe regras e somente 21% dos caminhoneiros foram considerados elegíveis para receberem o…

6 horas atrás

Motorista fica nervoso durante abordagem da PRF e acaba sendo surpreendido

Em uma operação de rotina da Polícia Rodoviária Federal da base de Dourados e Mato…

7 horas atrás

Governo não paga quase 80% dos beneficiários do Pix caminhoneiro, veja se você ainda tem direito

Dos 900 mil caminhoneiros autônomos estimados pela ANTT, apenas 190 mil tiveram o pix caminhoneiro…

12 horas atrás

Jornalista é supreendida por caminhoneiro durante a reportagem

Caminhão pula quebra-molas durante reportagem de informativo do novo instrumento instalado.

15 horas atrás