Implementos

Empresas Randon desenvolvem um novo método para obtenção de nanopartículas de nióbio e promovem a descoberta em Feira

As empresas Randon anunciarão sua nova descoberta na 1ª Feira Brasileira do Nióbio. O nióbio, extraído na forma de mineral, servirá para potencializar a composição de diferentes materiais para uso em diversos seguimentos, como os da indústria automobilística e siderurgia por exemplo.

Sobre a Feira que ocorrerá em Campinas (SP)

A 1ª Feira Brasileira do Nióbio, evento inédito que ocorrerá no dia 08 de outubro em Campinas/SP no Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais – CNPEM, terá a participação das empresas Randon, onde apresentarão sua nova pesquisa, produção e aplicação de nanotecnologia, a Nione, onde foi comunicada anteriormente em agosto desse ano sobre a descoberta de um novo processo de obtenção de nanopartículas de nióbio em larga escala. O encontro ainda será o momento para a inauguração da ampliação do acelerador de partículas brasileiro, o Sirius. 

Inovação nacional com impacto global na obtenção de nanopartículas 

A partir de um estudo científico realizado pelo Centro Tecnológico Randon – CTR e pelo Instituto Hercílio Randon – IHR, foi possível desenvolver uma metodologia para obtenção de nanopartículas de nióbio. Trata-se de um novo produto com impacto nacional e global. 

Com patente requerida pela Fras-le (companhia que integra as Empresas Randon) a solução potencializa as características de outros materiais, conferindo maior durabilidade, resistência mecânica e alterando de forma significativa suas propriedades físico-químicas. Além disso, utiliza métodos que contribuem para um processo sustentável.

Continua após o anuncio

 Mas o que é o Nióbio?

O Professor Luiz Carlos de Oliveira, pesquisador dessa linha há anos pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, explica.  

O nióbio na natureza está na forma de um mineral denominado columbita e é também bastante comum em outro mineral chamado pirocloro, onde ele é extraído na forma destes minerais para produzir diferentes compostos.

Nós temos um composto chamado Innib41, que tem todo um dossiê hoje na ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aguardando a liberação de sua produção e comercialização. Esse composto apresentou inclusive uma ação muito eficiente contra o Corona vírus.

Através de outras modificações dessa molécula, conseguimos produzir produtos de nióbio para aplicação em agro – focando em sua ação como fungicida foliar. Por outro lado, existem dados muito interessantes na área de saúde úteis no combate de doenças de pele. Enfim, o potencial é gigante e já mapeamos alguns.

Aonde esse produto o Nióbio pode ser utilizado?

Pode ser utilizado em lentes de câmeras fotográficas, pias de aço, telas de celulares, tubulações de condução de gases etc. O Nióbio é um material de alto desempenho e com inúmeras aplicações, sendo a principal delas a siderurgia com 80% das comercializações do nióbio, responsável pela fabricação de ligas de aço com maior resistência com a adição deste elemento à sua composição.

Possui propriedades físico-químicas com alta condutividade térmica e elétrica, maleabilidade, ductibilidade (capacidade de um determinado material sofrer deformação, sem se romper, quando a este é aplicado uma determinada força) e é resistente à corrosão. Suas características fazem deste metal de transição, serem atraentes à sua aplicação na construção civil e na indústria automobilística, desde a década de 80.

No entanto, o uso e aplicação do nióbio parece ser ainda mais amplo, vai de cosméticos ao agronegócio, passando também pela área de energia! A chave destas possibilidades está na nanotecnologia!

Quando deveremos encontrar o Innib41 no mercado?

Estamos finalizando a etapa de regulamentação do produto junto à ANVISA e ele está pronto para ser levado ao mercado. O prazo de resposta da ANVISA já está terminando e esperamos ter autorização em breve. A estrutura para produção em escala comercial já está montada para atender o país inteiro, explica o professor e pesquisador.

Sobre as Empresas Randon

Conta com 28 unidades industriais e sede na cidade de Caxias do Sul/RS. As Empresas Randon tem presença global e é lider nos setores de semirreboques, vagões ferroviários, autopeças e serviços. Tem mais de 70 anos de história e está presente em mais de 100 países, priorizando a proximidade e a confiança dos seus públicos, a valorização das pessoas e o lucro com sustentabilidade.

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 8 de outubro de 2021 18:45

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Em Minas Gerais tanqueiros comemoram congelamento do ICMS do diesel

Ainda não é o ideal mas consideramos uma vitória, comenta o presidente do Sindtanque-MG, Irani…

2 horas atrás

BR-316 corre risco de nova interrupção a partir de terça (26) por caminhoneiros da região

Em protesto, caminhoneiros da região exigem reduções nos preços dos combustíveis e planejam bloquear a…

3 horas atrás

Pesquisa demonstra que quase 60% dos caminhoneiros apoiam a paralisação de 1º de Novembro

Pesquisa feita pela Fretebras no dia 21 de outubro em que ouviu anonimamente 2.023 caminhoneiros…

4 horas atrás

Greve está mantida para dia 1 de novembro, segundo as lideranças dos caminhoneiros

Quem quer viajar no feriado de finados, está preocupado se a greve dos caminhoneiros a…

4 horas atrás

Ao invés de avisar o caminhoneiro, preferiu filmá-lo fazendo uma manobra arriscada que veio a arrastar um veículo estacionado

Vídeo mostra um carro sendo arrastado, enquanto o caminhoneiro faz uma manobra.  O que é…

4 horas atrás

Novos aumentos da Petrobras no diesel e na gasolina

Segundo comunicado nesta segunda (25), a Petrobras reajustará os preços do diesel e da gasolina…

5 horas atrás