Caminhoneiro

Quanto custa o exame toxicológico e como é feito

Se você deseja renovar sua carteira de habilitação, fazer exames públicos ou até mesmo conduzir testes de drogas para empresas que contratam motoristas profissionais, você pode querer saber como os testes de drogas são feitos.


Por exemplo, a pesquisa de toxicologia envolve pegar uma pequena quantidade de cabelo ou amostras de cabelo e enviá-las a um laboratório para análise para determinar se uma substância psicoativa (droga) foi usada por 90 a 180 dias.


Nesta visão geral, consulte as instruções detalhadas passo a passo que fornecemos abaixo sobre como realizar testes de toxicologia CNH e como fazê-los de forma rápida e fácil em Toxicologia.

Para que serve o exame toxicológico?

Porque é que precisa de um teste de drogas? Irá atualizar a sua toxicologia periódica (teste de 2 em 2 anos e 6 em 6 meses)? Vai emitir ou renovar uma CNH nas categorias C, D ou E?

É uma empresa que precisa de contratar condutores profissionais de automóveis ou caminhões?

Está interessado em candidatar-se a posições na polícia militar, civil ou federal e outras vagas de emprego público que exijam um teste de toxicologia?

Continua após o anuncio

Isto é importante porque, dependendo do objetivo, alguns detalhes podem variar, tais como valor, recolha, entrega e outras etapas.

Como é feito o exame toxicológico?

No laboratório de recolha, os peritos procurarão drogas ilegais em amostras de queratina.

Neste momento, substâncias como a marijuana, cocaína, anfetaminas, metanfetaminas, ecstasy, heroína e outras serão testadas.

Ver também quais os medicamentos que são testados e quais os medicamentos que não são identificados durante os testes.

Para compreender como os testes toxicológicos são feitos num laboratório, é necessário saber que esta análise pode identificar o uso de drogas feito nos últimos 90 ou 180 dias (dependendo do tipo de amostra) antes da coleta.

Antes de mais, é importante saber que os testes toxicológicos só podem ser efetuados em laboratórios devidamente acreditados pelo Departamento Nacional de Transportes (DENATRAN). É realizado através da recolha de uma pequena amostra de cabelo ou pelos. 

Em resumo, o cabelo é recolhido usando uma tesoura.

Portanto, uma fina mecha de cabelo é cortada nas raízes ou uma parte do corpo (peito, pernas, braços, axilas) é rapada. 

Como é um procedimento sem agulha, o teste toxicológico é indolor e não invasivo, pelo que não é possível notar que o doador foi submetido ao teste.

Como é feito a coleta para o exame toxicológico?

A fase de recolha é muito simples e completamente indolor. No entanto, a fase de recolha não requer qualquer preparação prévia. A utilização de produtos como géis, champôs, amaciadores ou corantes não tem qualquer influência no resultado do teste. 

O cabelo pode ser:

  • tingido
  • endireitado;
  • permanentemente;
  • com gel.

No entanto, para que a depilação seja bem sucedida, deve ser dada atenção aos pelos:

  • Não deve estar molhado ou húmido;
  • deve ter pelo menos 3 cm de comprimento.

Além disso, é também necessário que a análise seja realizada sobre o próprio cabelo do doador, e não pode ser uma aplicação de cabelo, nem sintético nem natural. 

Além disso, o uso de desodorizantes corporais ou cremes não afeta o resultado do teste toxicológico se a análise for realizada no cabelo.

Outro conselho muito útil é o de usar roupa confortável. Assim, se não for possível remover pelos, o coletor pode mais facilmente remover pelos das pernas, braços, peito ou axilas. 

O vestuário confortável torna sem dúvida mais fácil para o colecionador verificar a área com a maior concentração de pelos.

A segunda fase do teste é a análise. É necessária a tecnologia mais recente para a implementar.

Isto proporciona resultados fiáveis sem o risco de alteração devido a contaminação externa.

Basicamente, a análise é realizada a partir de queratina, que entra no cabelo e nas hastes capilares através da corrente sanguínea.

Os metabolitos produzidos após a ingestão de substâncias psicoativas são armazenados em queratina. A análise é de facto segura e 100% fiável, sem “falsos positivos”.

O exame toxicológico custa em torno de 120 a 250 reais, mas tende a variar de estabelecimento.

Esta postagem foi publicada em 7 de julho de 2021 19:10

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Em Minas Gerais tanqueiros comemoram congelamento do ICMS do diesel

Ainda não é o ideal mas consideramos uma vitória, comenta o presidente do Sindtanque-MG, Irani…

6 horas atrás

BR-316 corre risco de nova interrupção a partir de terça (26) por caminhoneiros da região

Em protesto, caminhoneiros da região exigem reduções nos preços dos combustíveis e planejam bloquear a…

8 horas atrás

Pesquisa demonstra que quase 60% dos caminhoneiros apoiam a paralisação de 1º de Novembro

Pesquisa feita pela Fretebras no dia 21 de outubro em que ouviu anonimamente 2.023 caminhoneiros…

8 horas atrás

Greve está mantida para dia 1 de novembro, segundo as lideranças dos caminhoneiros

Quem quer viajar no feriado de finados, está preocupado se a greve dos caminhoneiros a…

8 horas atrás

Ao invés de avisar o caminhoneiro, preferiu filmá-lo fazendo uma manobra arriscada que veio a arrastar um veículo estacionado

Vídeo mostra um carro sendo arrastado, enquanto o caminhoneiro faz uma manobra.  O que é…

8 horas atrás

Novos aumentos da Petrobras no diesel e na gasolina

Segundo comunicado nesta segunda (25), a Petrobras reajustará os preços do diesel e da gasolina…

9 horas atrás