Implementos

Investimento de 2 milhões na Truckvan agita o mercado

A Empresa Truckvan divulgou na última segunda-feira (12), um investimento de R$2 milhões que foi feito para uma nova linha de semirreboques e rodotrens.

Grande fabricante de implementos rodoviários e de unidades móveis, Truckvan deve alavancar em R$ 70 milhões seu faturamento, chegando em até 100 unidades ao fim do ano, cumprindo com 25% do volume de emplacamento do mercado nacional de implementos de que é responsável.

O diretor Luiz Carlos Cunha Junior explica um pouco mais do lançamento

“Estamos lançando o Semirreboque Basculante 3 eixos com capacidade de 20, 25 e 30 m3 para areia, brita e minério, e também o Rodotrem Basculante 2+2+2 eixos com capacidade de 31 e 35m3 para o transporte de grãos e açúcar, e o resultado revelou um produto leve, resistente, e com design arrojado e moderno, utilizando materiais nobres de alta resistência, baixa tara, e elevada capacidade de carga.”

Esses equipamentos vão corresponder a cerca de 20% da produção da empresa em 2022.

Luiz Carlos acrescenta, “No ano passado adotamos essa estratégia com sucesso para a linha Graneleira, com o intuito de dividirmos nossa produção em implementos para o transporte de produtos industrializados, agrícolas e construção civil.”

Faturando 1 bilhão

Com englobamento do avanço do PIB e a volta do mercado, deixaram o fundador da empresa, Alcides Braga, com a visão de 1 bilhão de faturamento nos próximos anos.

“Temos a ideia de ser uma empresa de R$ 1 bilhão de receita em 4 ou 5 anos. É bastante agressivo, mas é factível se tivermos fôlego financeiro que é o que estruturamos para ter.”

Em relação aos estímulos pelo crescimento de ferrovias, ele afirma, “Transportar dois terços do PIB nem pra gente é justo. Essa desproporção começa a ser revertida e eu vejo como positivo isso pois a ferrovia é uma dinâmica para desenvolvimento, tem escala e custo adequado, performance, então não tem nexo aos caminhões fazer a vez do trem.”

Para uma combinação com o modal ferroviário, ele sugere uma leve mudança no perfil dos equipamentos. “Ocorrerá uma mudança leve no perfil do nosso equipamento, deixando de ser extra, super pesado, para algo menor. Nesse sentido, o caminhão irá encontrar com uma ferrovia e cada um fará a sua parte.”

Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 14 de julho de 2021 09:40

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiros autônomos realizam debate buscando sobrevivência da categoria

Sem politicagem é o que promete os líderes do movimento Caminhoneiros autônomos são convocados por…

13 horas atrás

Caminhoneiro comprou um caminhão alienado e não consegue fazer o registro na ANTT

O sonho do primeiro caminhão acabou virando em uma dor de cabeça Um caminhoneiro com…

13 horas atrás

Fabricante de caminhão chinesa pode lançar veículo elétrico no Brasil

Caminhões eletrificados estão crescendo bastante na Europa e Ásia Veículos elétricos vem ganhando bastante força…

13 horas atrás

Governador do Rio Grande do Sul reduz alíquota do ICMS dos combustíveis

Na última sexta-feira (17) Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul anunciou a redução…

1 dia atrás

Mudanças da política de preços da Petrobras são cobradas em plenário

No último dia 14 vários deputados cobraram em petição mudanças na política de preços dos…

1 dia atrás

Comissão irá debater mudanças no comércio varejista de combustíveis

Na próxima terça-feira (21) será debatido pela comissão de Minas e energia da Câmara dos…

1 dia atrás