Estradas

Governo Federal vai investir 250 bilhões até o final de 2022 na área de transporte

O ministro Tarcísio de Freitas, afirmou que o governo Federal decidiu investir na área de transporte até o fim de 2022, R$ 250 bilhões de reais. Valor que pode ser somado com mais de 3 bilhões em obras de infraestruturas entregues apenas no primeiro semestre de 2021.Foram feitas restaurações e finalizações em rodovias, construções de instalações portuárias, além de recursos para melhoramento aeroportuários. Total de 51 obras no período.

Em entrevista, o ministro relata uma desburocratização e digitalização para facilitar a emissão de documentos exigidos para operação de transporte de cargas no país, unificando 20 em 1.

Veja alguns trechos:

O que essas concessões significam na vida do cidadão?

Eu acho que todo brasileiro que se deparou, por exemplo, com um aeroporto concedido, já percebe a diferença. Eu cito, por exemplo, aquele brasileiro de Florianópolis, que andava, pegava o avião num terminal acanhado, improvisado, que hoje tem um aeroporto de altíssimo nível. Na prática, o que a gente está ganhando? Está ganhando em nível de serviço, conforto e qualidade. Para quem usa rodovia, vai ganhar wi-fi, pista duplicada, segurança, diminuição do tempo de viagem. Para o empresário é menos custo e menos custo significa maior capacidade de investir. E para todos os brasileiros é mais emprego. A gente está falando de emprego na veia.

Nós tivemos também novidades aí para os caminhoneiros? O que o senhor pode destacar?

Lançamos um programa chamado Gigantes do Asfalto. Esse programa tem várias medidas que são extremamente importantes e que eram demandadas nos diversos diálogos que nós fizemos. E uma delas, talvez a principal, o Documento de Transporte Eletrônico. É uma medida de desburocratização, digitalização. A gente vai condensar os documentos de transporte num único, que vai poder ser portado no celular, que vai trazer ali também o histórico do caminhoneiro, nas suas transações. Vai permitir que ele tenha acesso à conta digital, que ele contrate com facilidade o seguro. E mais importante, que ele seja contratado diretamente pelo embarcador. Isso elimina o intermediário e vai fazer com que ele tenha uma renda maior.

Brasil do Trecho – Redação

Esta postagem foi publicada em 8 de julho de 2021 16:14

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Quem ganha mais? Caminhoneiro ou Uber

Uma dúvida muito grande e que vem interessando curiosos em saber qual é a melhor…

4 horas atrás

Motorista de ônibus de viagem paga as refeições quando para em algum restaurante?

Afinal, você sabe se o motorista que atua normalmente em viagens tem ou não que…

4 horas atrás

Chorão pede que Bolsonaro pare de ouvir Paulo Guedes

O que um dos principais líderes dos caminhoneiros vem alegando para o presidente Bolsonaro é…

4 horas atrás

Em Minas Gerais o IPVA atrasado de 2022 e de anos anteriores pode ser pago em até 12x

A medida é muito favorável para quem quer regularizar seus pagamentos junto ao Detran, contudo…

5 horas atrás

Com a alta do diesel vale a pena ter caminhão elétrico?

O fato de que o consumo de diesel libera partículas mais poluentes no ar, como…

5 horas atrás

Caminhoneiro tem atitude sensacional com seus colegas de trânsito

Em um vídeo divulgado pelo canal crozzo yt do youtube, mostra um caminhoneiro muito diferente…

10 horas atrás