Dicas para motorista

Empréstimo para caminhoneiro autônomo

A vida de um caminhoneiro é cheia de desafios. Quem pretende entrar neste setor precisa enfrentar as más condições das estradas e o risco de acidentes. No entanto, não faltam motivos para escolher viver na estrada. 

Entender lugares e culturas diferentes, fazer novos amigos, fazer shows em turnê, claro, curtir a paixão do diretor são algumas das principais motivações. 

De um modo geral, ser caminhoneiro é mais do que transportar mercadorias de um ponto a outro. Este é um estilo de vida. O motorista seguiu seu companheiro e teve um breve intervalo entre o carregamento e o descarregamento. 

As condições do mercado são favoráveis, mas para entrar com segurança é necessário ter documentos especiais, treinamentos e, claro, saber exatamente como comprar o seu primeiro caminhão. 

Escolha o veículo ideal:

O primeiro passo para comprar seu primeiro caminhão é escolher o veículo certo que será sua ferramenta de trabalho. Ele deve atender às suas necessidades e o valor do investimento deve caber no seu bolso. Portanto, a primeira decisão deve ser entre um caminhão novo ou um caminhão usado. 

Novo caminhão Ao comprar um veículo 0km, você evitará preocupações quanto ao seu status de proteção, origem e garantia (desde que atenda aos requisitos dos concessionários franqueados). 

Você também pode desfrutar da mais recente tecnologia, segurança e conforto dos modelos mais recentes. Por outro lado, em comparação com a compra de um carro usado, o valor do investimento é muito maior. Outra desvantagem é a rápida depreciação. Após um ano de uso, o valor da mesa do caminhão caiu cerca de 20%.

De um modo geral, comprar um caminhão usado é uma boa escolha para quem acabou de entrar no setor. Isso porque uma grande variedade de marcas e modelos pode ser encontrada no mercado o investimento é menor do que a compra de um carro novo. Outra vantagem é que ele pode ser revendido por um preço próximo ao preço de compra. 

Se esta for sua melhor escolha, preste atenção à documentação, valor de mercado, garantia, fonte e status de proteção. Sejam novos ou usados, a seleção deve ser compatível com o tipo de mercadoria a ser transportada e possíveis rotas. 

Saiba mais a seguir:

BNDES Finame 

O financiamento Finame está disponível apenas para pessoas jurídicas, e a taxa de juros pode variar em função do porte da empresa e da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). 

Por exemplo, para micro, pequenas e médias empresas, o BNDES provê recursos para 80% do valor do ativo. Nesse modelo, os caminhões também precisam ser fabricados no Brasil e os bancos cadastrados estão envolvidos no financiamento. 

O período de carência pode ser de até 2 anos, sendo que o período de pagamento é determinado de acordo com os dados pessoais do cliente.

Crédito Direto ao Consumidor (CDC) 

O CDC é um tipo de crédito amplamente utilizado para a compra de diversas commodities. É fornecido pelos bancos de várias maneiras, com taxas de juros variáveis. 

Por meio do CDC, você pode comprar o primeiro caminhão novo ou usado e quitar a dívida em parcelas fixas em até 60 meses. Como a garantia de pagamento é do próprio veículo, ele registrará a garantia (transferência) no documento. 

Isso significa que a propriedade só pode ser transferida após o pagamento integral ou renegociação com a financeira. No CDC, o parcelamento antecipado elimina os juros remanescentes.

Consórcio 

O consórcio não é um método de financiamento por se tratar de uma compra programada e não de parcelamento. Nele, um grupo de clientes reúne e paga uma quantia mensal, que corresponderá ao valor do caminhão ao final do prazo estabelecido. 

Não há cobrança de taxas e a administração do valor é realizada por empresa credenciada pelo Banco Central. A embalagem pode ser diferente de acordo com o valor de referência do produto desejado. 

Os caminhões podem ser comprados por meio de pagamentos mensais, loterias ou o lance mais alto em uma reunião. Para adquirir o seu primeiro camião com sucesso, é importante escolher um meio de pagamento que se adapte à sua realidade e necessidades. 

O consórcio não tem juros e é uma opção interessante para quem não precisa usar o veículo imediatamente.

Antes de comprar, verifique suas finanças e faça muitas pesquisas para encontrar a menor taxa de juros. Cada uma dessas condições tem suas particularidades. 

A situação ideal é pesar os prós e os contras de cada um. 

Redação – Brasil do Trecho

Esta postagem foi publicada em 28 de julho de 2021 14:18

Compartilhar
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiros autônomos realizam debate buscando sobrevivência da categoria

Sem politicagem é o que promete os líderes do movimento Caminhoneiros autônomos são convocados por…

4 horas atrás

Caminhoneiro comprou um caminhão alienado e não consegue fazer o registro na ANTT

O sonho do primeiro caminhão acabou virando em uma dor de cabeça Um caminhoneiro com…

5 horas atrás

Fabricante de caminhão chinesa pode lançar veículo elétrico no Brasil

Caminhões eletrificados estão crescendo bastante na Europa e Ásia Veículos elétricos vem ganhando bastante força…

5 horas atrás

Governador do Rio Grande do Sul reduz alíquota do ICMS dos combustíveis

Na última sexta-feira (17) Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul anunciou a redução…

19 horas atrás

Mudanças da política de preços da Petrobras são cobradas em plenário

No último dia 14 vários deputados cobraram em petição mudanças na política de preços dos…

19 horas atrás

Comissão irá debater mudanças no comércio varejista de combustíveis

Na próxima terça-feira (21) será debatido pela comissão de Minas e energia da Câmara dos…

19 horas atrás