PRF e Ibama fiscaliza caminhões com diesel S500 e sem Arla 32

Agentes autuaram quatro motoristas de caminhão na BR-101

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas realizou uma ação integrada com o Ibama, tendo intuito de fiscalizar os veículos de carga que transitavam pela BR-101.

Após realizar a consulta das documentações do veículo e do motorista, iniciou-se a vistoria dos itens de segurança, momento em que foi constatada uma falha no sistema de pós-tratamento de gases poluentes.

Questionado sobre o ocorrido, o motorista afirmou que não sabia a função da Luz Indicadora de Mau Funcionamento (LIM) e que ela representava a existência de algum problema no sistema de controle de emissões de gases poluentes, motivo pelo qual não avisou à empresa, seguindo com a viagem.

Diante dos fatos, os policiais elaboraram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de atividade poluidora ou degradadora do meio ambiente, após o homem se comprometer a comparecer em juízo quando solicitado.

Outra ocorrência de atividade poluidora do meio ambiente foi registrada por volta das 09h30 quando os agentes abordaram um caminhão Volkswagen.

Desta forma, foi elaborado um TCO pela ocorrência de causar poluição de qualquer natureza, resultante em danos à saúde humana ou que provoquem a mortandade de animais ou ainda destruição significativa da flora.

Após fiscalizar os documentos do veículo e do motorista, os policiais iniciaram a vistoria nos itens de segurança e de tratamento de poluentes.

Neste momento, foi constatado que o reservatório de Arla 32 estava vazio, fato que estava indicado também no sistema do computador de bordo. Ao ser questionado, o condutor alegou que não se atentou para o indicativo no painel de controle e que aquele era seu primeiro dia dirigindo o veículo.

Após averiguação da documentação, os policiais vistoriaram o filtro de combustível, que apresentou uma cor avermelhada indicando o uso do diesel S500. Perante as informações obtidas, os agentes lavraram um TCO pelo crime de atividade poluidora ou degradadora do meio ambiente, após o motorista se comprometer a comparecer em juízo quando solicitado.

Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

PRF flagra nota de 35 mil litros de cachaça em nome de transportadora desativada

O caminhão foi abordado em uma fiscalização de rotina Um caminhão com uma carga de…

21 horas atrás

CNTRC envia proposta de redução de 45% na gasolina e 27% no diesel

O documento foi enviado para o Bolsonaro e Petrobrás O Conselho Nacional do Transporte Rodoviário…

21 horas atrás

Caminhoneiros brasileiros podem entrar na Argentina

A categoria vem alegando falta de segurança no trabalho A cidade argentina de Paso de…

21 horas atrás

Renault utiliza de jogos para lançar seus novos caminhões

O seu mais novo caminhão foi apresentado através do Euro Truck Simulator 2 A Renault…

21 horas atrás

Volvo acredita que é o momento certo para aumento de caminhões elétricos

Com o início das vendas neste ano de três novos modelos totalmente elétricos Essa perspectiva…

21 horas atrás

Polícia Flagra transporte de caminhão roubado na BR-352

O condutor tentou enganar os polícias portando um documento falso A Polícia Militar Rodoviária prendeu…

21 horas atrás

Este site usa cookies.

consulte Mais informação