Volvo FH 540 deve ser tornar o caminhão mais vendido de 2020

Publicidade

Até novembro, modelo respondeu sozinho por 6,5% do total licenciamentos de caminhões

A depender de como segue o desempenho das vendas do Volvo FH 540, o resultado não será outro diferente de campeão de vendas do mercado de caminhões no encerramento do ano. O modelo deverá emendar a segunda vez consecutiva na liderança com participação nos emplacamentos maior que as vendas totais de algumas montadoras.

No acumulado até novembro, o pesado da fabricante de Curitiba (PR) somou mais de 5,1 mil unidades licenciadas, volume que representou perto de 6,5% de todos as vendas de caminhões do mercado no período, de 79,5 mil, conforme dados consolidados pela Fenabrave.

O desempenho o coloca na dianteira isolada em sua categoria, com 13,3% dos 38,8 mil caminhões pesados negociados de janeiro a novembro. O modelo que mais chega perto das vendas do Volvo FH 540 é o líder dos médios Volkswagen Delivery 11.180, com 4,1 mil emplacamentos até novembro. Outro fenômeno de mercado que, com o volume negociado até agora, respondeu por 56% das vendas da categoria.

Com o irmão FH 460, na vice-liderança dos licenciamentos de pesados, a Volvo garante supremacia no segmento. A soma das vendas de ambos os caminhões até novembro alcançou 8,5 mil unidades, o que representou 22% do mercado de pesados ou 10,7% do total de licenciamentos.

Se a liderança do modelo será quase impossível de tirar por qualquer rival, na disputa de marcas, a Mercedes-Benz é a única que pode incomodar na categoria. A fabricante de São Bernardo do Campo (SP) com os modelos Axor e Actros encerrou os onze primeiros meses com quase 7,2 mil unidades emplacadas, participação de 18,5% das vendas de pesados.

Fonte: Auto indústria

Publicidade
Categorias caminhoneirovolvo
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiros autônomos acreditam que momento não é para greve

A confederação acredita que o diálogo com o governo é fundamental A Confederação dos Transportadores Autônomos (CNTA) emitiu uma nota…

14 minutos atrás

CNTA emitiu nota oficial se posicionando contra greve  dos caminhoneiros

Confederação acredita que uma paralisação só aumentaria uma aglomeração e o risco de contaminação A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos…

14 minutos atrás

Chorão afirma que até final da semana greve será definida

 Wallace Landim vai viajar em alguns estados para ouvir a categoria O presidente chorão da Associação Brasileira de Condutores de…

14 minutos atrás

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação