Scania está pronta para iniciar operações industriais na China

Publicidade

A rápida transformação em um sistema mais aberto e baseado no mercado que está ocorrendo na China levou a Scania a investir neste país. Para aumentar a concorrência, a China está abrindo as portas para empresas estrangeiras que queiram realizar suas operações no país, contribuindo assim para as principais iniciativas em andamento no campo da sustentabilidade.

“Nossa expansão na China acontecerá passo a passo e de acordo com a evolução positiva das condições de mercado e a consequente demanda crescente por veículos de nova geração. Até o final da década de 2020, planejamos fazer investimentos significativos para nos beneficiar desses desenvolvimentos e, ao mesmo tempo, fazer da China o terceiro pilar de nossa estrutura de manufatura global ” , destacou Henrik, presidente e CEO da Scania. .

“O aumento da presença no mercado chinês é fundamental para o crescimento global da Scania e do grupo TRATON. Nossas operações na China serão gradualmente expandidas e desenvolvidas em unidades de grande escala na estrutura global de fabricação e fornecimento da Scania. O objetivo não é apenas fazer da China o terceiro pilar de nossa estrutura global de manufatura, mas também torná-la o centro de referência de vendas em outros mercados asiáticos ”, afirma.

Os investimentos da Scania na China incluem também a criação de uma área de pesquisa e desenvolvimento no país. “ Isso fortalecerá nossa competitividade internacional e a liderança da Scania em transporte sustentável, pois nossa presença no país facilitará o acesso a tecnologias de ponta e expertise em áreas como veículos automotores e elétricos” .

A China é o maior mercado mundial de veículos comerciais e atualmente responde por 40% das vendas globais. O mercado é dominado por fabricantes nacionais, mas a procura de veículos de última geração, tecnologicamente mais avançados e com melhor performance, cresce a par da procura de uma logística mais eficiente e de um sistema de transporte mais sustentável. Toda a linha de produtos Scania com motores a combustão movidos a biocombustíveis renováveis ​​e veículos elétricos atendem perfeitamente às necessidades do mercado chinês.

“Nossa meta é atingir os mesmos volumes de vendas até o final da década de 2020 que temos atualmente em nosso maior mercado único, o Brasil”, concluiu.

Scania estabeleceu suas atividades industriais na China através da aquisição de Auto Manufacturing Ltd . A empresa atende aos requisitos da Scania para, entre outras coisas, o ambiente de trabalho, desempenho ambiental e sistemas de monitoramento de qualidade em todas as fases da cadeia de abastecimento, bem como a capacidade de garantir um bom atendimento ao cliente.

Publicidade
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Vídeo do acidente com ônibus é divulgado e mostra detalhes como aconteceu

Um ônibus de turismo com 59 passageiros tombou na última segunda-feira(25) próximo a Serra do Mar. O acidente aconteceu na…

10 horas atrás

Entidades de caminhoneiros se manifestam sobre possibilidade de paralisação

A Confederação Nacional dos Caminhoneiros e Transportadores Autônomos de Bens e Cargas - Conftac, vêm a público informar que após reunião ocorrida…

15 horas atrás

Montadoras apostam no Hidrogênio como combustível

Principais grupos pretendem ajudar para desenvolvimento de caminhões movidos a hidrogênio Cada vez mais países e empresas estão comprometidos com…

22 horas atrás

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação