GM colabora com Nikola para desenvolvimento de célula de combustível

Com a saída da GM como parceira, os planos parecem estar fora dos trilhos para a Nikola diz que já vai reembolsar todos os adiantamentos de pedidos.

Nikola e a GM agora presente uma interação no desenvolvimento de tecnologia de célula de combustível, de acordo com a GM aos caminhões de médio e longo curso Classe 7 e Classe 8 de Nikola. O anúncio que saiu anteriormente, a estava esperando Nikola começar o teste dos protótipos de seus caminhões que serão movidos a célulac de combustível de hidrogênio em meados do final de 2021, de acordo com protótipos beta será previstos planos de ação para começar no primeiro semestre de 2022. Dessa forma, Nikola e a GM vão entrar em um acordo com opções para usar o sistema de bateria Ultium desenvolvido pela GM em caminhões Classe 7 e Classe 8 de Nikola.

Segundo CEO da fabricante de caminhões Nikola, esse acordo vem gerando bons frutos e deixando muito satisfeito por dar este passo importante com a GM, que oferece a oportunidade de crescer e alavancar novos recursos, forças e talento de ambas as empresas. Disse Mark, atual CEO da Nikola. “Caminhões pesados ​​continuam sendo nosso negócio principal e estamos 100% focados em alcançar nossos marcos de desenvolvimento para trazer hidrogênio limpo e caminhões elétricos a bateria para o mercado. Acreditamos que as células de combustível se tornarão cada vez mais importantes para o mercado de caminhões, pois são mais eficientes do que a gasolina ou diesel e mais leves do que as baterias de longa distância. Em parceria com a GM, reforçamos o compromisso compartilhado de nossas empresas com um futuro livre de emissões. ”

A General Motors só se tornará parceira do sistema de células de combustível da Nikola nos Estados Unidos, sendo que, na Europa, a Nikola já tem a Bosch que é o principal parceiro de cooperação no segmento de novas tecnologias para a célula de combustível.

É impressionante que a General Motors agora seja fornecedora do sistema para célula de combustível. Até o momento, de acordo com Nikola, afirmou que a FPT, que é uma subsidiária do acionista CNH Industrial, também desenvolveu um papel crucial e importante na montagem do trem de força. 

Nikola sinalizou em resposta que a CNH Industrial e a Iveco certamente ainda são parceiros por toda cooperação, mas que a Bosch é o parceiro de cooperação na Europa para o desenvolvimento de célula de combustível. Por sua vez a fabricante de caminhão Iveco também confirma que nada mudou na relação de  parceria com Nikola.

Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiros da argentina fazem protesto em apoio aos colegas brasileiros

Categoria realizou um bloqueio no terminal de exportação Caminhoneiros do Brasil se mobilizaram em protesto…

10 horas atrás

Caminhoneiro morre após cabine ficar esmagada na PR-170

O condutor realizava o transporte de bananas no momento Um motorista de caminhão, de 42…

10 horas atrás

Fique por dentro do novo Código de Tansito Brasileiro

O novo CTB teve 57 modificações que pode afetar os motoristas O Brasil Rural conversou…

10 horas atrás

DAF realizou uma primeira entrega silenciosa em Bruxelas

Combinação de 44 toneladas livre de emissões oferece perspectivas futuras "As entregas com caminhões elétricos…

10 horas atrás

Jovem casal apaixonado divulga trabalho com caminhão

O casal criou um grupo no Instagram para divulgar Um projeto que começou a ser…

10 horas atrás

Polícia recupera carreta de caminhoneiro sequestrado por 5 horas

A carreta foi abandonada após roubo da carga de soja A Polícia Militar de Santa…

10 horas atrás

Este site usa cookies.

consulte Mais informação