Caminhões Iveco e Volvo com interface de voz Amazon

Coincidentemente, a Iveco e a Volvo estão lançando simultaneamente uma interface de voz para seus caminhões e, em ambos os casos, é baseada na tecnologia Alexa da Amazon. Na Iveco, o novo serviço deve permitir aos condutores gerir o planeamento de percursos por voz, verificar a manutenção e o estado dos veículos e pedir conselhos de condução. 

Motoristas focados na estrada

O serviço de voz também pode operar os controles da cabine, permitindo que os caminhoneiros fiquem concentrados na estrada. Ele também permite que os motoristas fiquem conectados com a comunidade de motoristas da Iveco.

O novo serviço de voz foi desenvolvido pela equipe da Iveco Digital com o suporte de serviços profissionais da Amazon Web Service, entidade de nuvem da Amazon. O serviço de voz foi desenvolvido rapidamente usando tecnologias de aprendizado de máquina, voz, segurança e sem servidor da Amazon. “  O novo serviço de voz da Iveco sustenta a estratégia digital futura da empresa  ” , afirma Fabrizio, gerente digital da Iveco. “  Este serviço de voz visa oferecer uma forma totalmente nova para os motoristas realizarem suas tarefas de forma interativa, aumentando o nível de segurança e conforto  ”, acredita.

Na Volvo, quatro novos modelos de caminhão vão integrar Alexa. Essa interface de voz permitirá que os caminhoneiros recebam orientações, façam ligações, ouçam notícias e acessem entretenimento, tudo com comandos de voz. Os caminhões Volvo com Alexa estarão disponíveis a partir de março de 2021 na Europa.

Solicitação de rota e telefone viva-voz

O objetivo é que o motorista mantenha as mãos no volante e os olhos na estrada. Se o novo camião estiver equipado com o software de navegação disponibilizado pela Volvo caminhões, o condutor pode perguntar a Alexa qual o caminho a seguir. Além disso, Alexa pode ajudar o caminhoneiros a fazer ligações para clientes e familiares, ouvir música e acessar notícias e áudio livros.

Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiros da argentina fazem protesto em apoio aos colegas brasileiros

Categoria realizou um bloqueio no terminal de exportação Caminhoneiros do Brasil se mobilizaram em protesto…

9 horas atrás

Caminhoneiro morre após cabine ficar esmagada na PR-170

O condutor realizava o transporte de bananas no momento Um motorista de caminhão, de 42…

9 horas atrás

Fique por dentro do novo Código de Tansito Brasileiro

O novo CTB teve 57 modificações que pode afetar os motoristas O Brasil Rural conversou…

9 horas atrás

DAF realizou uma primeira entrega silenciosa em Bruxelas

Combinação de 44 toneladas livre de emissões oferece perspectivas futuras "As entregas com caminhões elétricos…

9 horas atrás

Jovem casal apaixonado divulga trabalho com caminhão

O casal criou um grupo no Instagram para divulgar Um projeto que começou a ser…

9 horas atrás

Polícia recupera carreta de caminhoneiro sequestrado por 5 horas

A carreta foi abandonada após roubo da carga de soja A Polícia Militar de Santa…

9 horas atrás

Este site usa cookies.

consulte Mais informação