Categorias: DNITEstradasGoverno

Bolsonaro visita ponte sobre o rio Paraná com o presidente do Paraguai

O atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro realizou uma visita oficial juntamente com o atual presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, o dois realizaram uma inspeção no andamento da segunda ponte que passa sobre o Rio Paraná, que fará a ligação entre o Brasil e o Paraguai.

A construção dessa ponte é realizada com parceria entre o governo federal e o governo do estado de Itaipu, visando ampliar a logística entre os países e consequentemente potencializar ainda mais a economia da região para os dois países. E para o Brasil que será beneficiada na diminuição do tráfego de veículos de cargas na Ponte da Amizade, aumentando a segurança para os motoristas que utilizam a via, segundo Tarcísio de Freitas.

A devida análise técnica dos projetos e a sua aprovação se deve ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT que é de sua competência. O investimento necessário para conseguir os recursos fundamentais para dar continuidade na construção é de R$ 450 milhões. Esse valor completa obras de estrutura, desapropriações e a construção de uma perimetral em paralelo com a brasileira. A conclusão das obras está prevista para o ano de 2022.

 O DNIT ainda trabalha para que os projetos de execução para a obra sejam aprovados, será a segunda ponte de acesso ligando o Brasil na cidade do Foz do Iguaçu e a cidade do Paraguai Presidente Franco. É previsto para a inclusão de obras de artes especiais (OAEs) entre o Brasil e o Paraguai, ligando Brasil e Argentina também na BR-277.

Equipes trabalham trabalhando intensamente, atualmente estão na linha de frente da construção do tabuleiro de concreto ainda do lado do Brasil, o empreendimento segue cumprindo todas a metas sem atraso, atualmente a obra segue uma representação de 42% dos trabalhos finalizados.

O novo arquitetônico marco para o estado do Paraná terá um comprimento de 760 metros em toda sua extensão. Vai dispor de um recorde da América Latina com o maior vão-livre de 470 metros e a rodovia vai ser composta por duas pistar simples de 3,6 metros de larguras, com um acostamento com 3 metros e ainda terá um calçamento de 1,70 metros em cada lateral.

Ao final o empreendimento será muito importante e um incentivador para outras obras com características de transporte multimodal, buscando otimizar o escoamento da produção e consequentemente a articulação na produtividade. Sem dúvida alguma será uma rota grande importância e impacto envolvendo cerca de 4 países ao mesmo tempo. O Brasil com o Mato Grosso do Sul, Paraguai, Bolívia e a Argentina.

Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhão é flagrado transportando casa no Paraná

De acordo com a prefeitura o transporte deveria ter uma liberação Um morador filmou o…

13 horas atrás

Caminhoneiro colide ao tentar desviar de galho de árvore

O motorista de caminhão ficou ferido e precisou de atendimento médico Uma colisão entre dois…

13 horas atrás

Vídeo flagra carreta realizando manobra após ficar sem freio

Inacreditável manobra do motorista para evitar um grave acidente Nesta quarta-feira , uma carreta carregada…

13 horas atrás

Eixo de carreta se desprende em um retorno na Dutra

O condutor do caminhão realizava um retorno no viaduto do Cajueiro Uma carreta do tipo…

13 horas atrás

De acordo com polícia caminhoneiro teria dormido ao volante em acidente

Durante o atendimento uma das faixas ficou interditada Um caminhoneiro dormiu ao volante e bateu…

13 horas atrás

Vídeo caminhoneiro perde freio e conseguiu evitar grave acidente

Durante descida na Serra de Corupá o motorista viveu um momento de tensão Um vídeo…

13 horas atrás

Este site usa cookies.

consulte Mais informação