Publicidade

Trecho entre a duplicação da BR-163/364 entra em fase final

Publicidade

Duplicação: Trecho entre Rondonópolis e Jaciara em fase final de execução da obra

As obras de duplicação da BR-163/364, no trecho compreendido entre Rondonópolis e Jaciara, seguem em andamento.

Quem passou pela região nos últimos dias observou que, entre Juscimeira e Jaciara, o trecho que ainda é pendente de duplicação está com os trabalhos bem adiantados.

Outro ponto que chama a atenção é o contorno de São Pedro da Cipa que, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está em fase final de execução da obra.

Este contorno tem 2,6 quilômetros de extensão e, conforme o DNIT, ao longo da obra já foram construídas duas pontes que também vão contribuir para a fluidez do trânsito de caminhões e veículos leves.

A duplicação entre Rondonópolis e Cuiabá da rodovia, que é dividida em três lotes, atualmente está da seguinte forma: entre Rondonópolis e Jaciara, restam a entrega da duplicação do trecho entre Juscimeira e Jaciara, a entrega do contorno de São Pedro da Cipa e o início da construção do contorno de Jaciara, que ainda está pendente.

Em agosto deste ano, o DNIT realizou a entrega do contorno de Juscimeira, e o trânsito de veículo em um trecho de 7 quilômetros de extensão. Os contornos de São Pedro da Cipa (em obras) e o de Juscimeira (entregue) fazem parte do lote 1 da obra de duplicação da BR-163/364/MT. Já o contorno de Jaciara integra o lote 2 de duplicação da rodovia.

Segundo o DNIT, a obra de construção do Contorno de Jaciara está no planejamento da autarquia para ser iniciada no primeiro semestre de 2021.

O contorno terá aproximadamente 10 quilômetros e irá retirar o tráfego pesado de veículos do perímetro urbano do município.

Já referente ao trecho que vai de Jaciara até Cuiabá, a pista está toda duplicada, estando em andamento as obras na chegada de Cuiabá, em que viadutos estão em construção.

Naquela região, as obras de duplicação da rodovia avançam com várias frentes de trabalho abertas, como os serviços nas vias marginais da rodovia, na região do Distrito de Cuiabá, que tem previsão de conclusão no fim de 2020.

Somente no trecho entre Cuiabá e Rondonópolis da BR-163/364, trafegam por dia aproximadamente 15 mil veículos de carga pesada, especialmente no perímetro de escoamento de safra.

Além de melhorar a fluidez do trânsito, a obra é necessária para oferecer maior segurança aos usuários, principalmente os veículos de passeio que precisam transitar entre os pesados.

Fonte: A Tribuna

Publicidade
Categorias DNITESTRADAS
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação