Publicidade

Mercedes-Benz. Actros F é o novo modelo de entrada da gama

Publicidade

Mercedes-Benz Actros F, que se posiciona como modelo de entrada da gama.

Chega em janeiro o Mercedes-Benz Actros F, que passa a constituir o modelo de entrada na gama pesada da marca alemã.

A nova proposta está direcionada para operadores para quem o preço de aquisição é um dos critérios mais relevantes e não têm necessidade de todas as inovações tecnológicas introduzidas na mais recente geração do Mercedes-Benz Actros.

A nova versão de entrada da família Actros mantém o ADN da Mercedes-Benz caminhões em termos de qualidade, fiabilidade, funcionalidade, segurança e valor, mas com um custo de aquisição mais apelativo.

O Mercedes-Benz Actros F estará disponível, a partir de janeiro, em 24 países e a oferta compreenderá 17 modelos básicos, vocacionados para transporte regional de longo curso, designadamente para aplicações como movimentação de caixas móveis, recolha de resíduos ou transporte de cereais.

Na configuração do Mercedes-Benz Actros F, os responsáveis da marca procuraram proporcionar um elevado conforto aos motoristas e o máximo de funcionalidade aos operadores.

Cabinas StreamSpace e BigSpace

Por esse motivo, este veículo é proposto com as cabinas Stream Space e grande espaço, com 2,5 metros de largura e túnel de motor com uma altura de 120 mm, que garantem uma combinação de generoso espaço interior e facilidade de acesso à cabina, graças a apenas três degraus.

Em termos de equipamento de série, o Actros F é proposto com o Classic Cockpit e espelhos exteriores convencionais. O Multimídia Cockpit com tela de 10 polegadas e o volante multinações da atual geração do Actros estará disponível como opcional e em combinação com os sistemas de navegação e climatização, além de outros equipamentos extra.

O novo Powertrain Controle é outro opcional que calibra as mudanças da caixa de velocidades automática em função da topografia e do estilo de condução, contribuindo para poupanças adicionais no consumo de combustível, recorrendo a uma estratégia muito precisa de engrenagem das velocidades.

Publicidade
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação