Publicidade

Índios que saquearam carga fecha rodovia e ataca policiais

Publicidade

Indígenas que roubaram carga de caminhão acidentado no Paraná fecham rodovia e atacam policiais

Na tarde dessa segunda-feira, a BR-277, em Nova Laranjeiras, no Paraná, foi interditada por índios da etnia Kaingang, responsáveis pelo roubo da carga de lubrificantes e pneus de um caminhão que se envolveu em um acidente na região na última quarta-feira (11), colidindo frontalmente com uma van.

O motorista da van morreu no local, e o caminhoneiro foi levado a um hospital da região. Enquanto o IML não chegava para recolher o corpo do motorista da van, os indígenas atacaram o caminhão, que, apesar do acidente, estava com a carroceria e carga intactas. Durante o roubo da carga, o corpo do motorista da van foi pisoteado e arrastado pelos índios.

De acordo com a PRF, cerca de 400 de índios bloquearam a rodovia nesta segunda-feira, 16/11, e atacaram os policiais. Armados com facões, eles cercaram os agentes e roubaram uma das viaturas.

O protesto dos indígenas é pela soltura de quatro índios presos pelo roubo da carga do caminhão acidentado.

Após o ataque aos policiais, a PRF solicitou apoio do Grupo de Choque, que usou bombas de gás lacrimogênio para dispersar o grupo. A rodovia foi desbloqueada as 19 horas.

A PRF reforçou que os índios presos seguirão à disposição da justiça, e que também “não negocia e não se submete a ameaças criminosas“.

A PRF manterá operação na região, com apoio do Grupo de Choque e do Suporte Aerotático para manter o fluxo normal na rodovia.

Fonte: Defesa NET

Publicidade
Categorias ESTRADAS
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação