Publicidade

Fim do contrato com a Prefeitura de Teresina radares são removidos

Publicidade

Strans vai registrar B.O contra empresa que retirou radares em Teresina

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, afirmou ao GP1 na manhã desta quarta-feira (18), que o setor jurídico da superintendência vai registrar um boletim de ocorrência contra a empresa responsável pelo sistema de fiscalização eletrônica de Teresina. Na última semana, vários radares foram retirados dos locais, após o fim do contrato com a Prefeitura de Teresina.

“A gente tentou registrar mediante a ameaça da retirada, como eles retiraram, agora nós vamos registrar o boletim. O Contran diz que só pode retirar com a autorização do município. Nós tínhamos um acordo prévio, pois nós estamos em processo licitatório, inclusive está em fase da contratação da nova empresa, e o acordo era que enquanto a nova empresa não instalasse os novos equipamentos eles não poderiam desinstalar o deles”, pontuou.

Segundo Weldon Bandeira, a previsão é que a nova contratada passe implantar os equipamentos de fiscalização eletrônica no primeiro semestre do mês de dezembro, no mesmo locais.

“A fiscalização eletrônica é muito importante para a cidade. Anualmente, morrem em média 150 pessoas vítimas de acidentes de trânsito em Teresina e isso poderia ser pior se não houve essa fiscalização. A princípio, esses locais onde estão instalados os radares já possuem estudos que comprovam maior incidência de acidentes”, destacou.

Fonte: GP1

Publicidade
Categorias caminhão
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação