Publicidade

Devido à lei municipal radares devem usar a cor laranja para ficar visível

Publicidade

Antes de resolução sobre radares, Joinville já contava com lei de sinalização “diferenciada”

Devido à lei municipal curiosa e à decisão tomada ainda no ano passado, a recente resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) sobre radares, com proibição de uso “escondido” dos aparelhos não terá impacto em Joinville – pelo menos na fiscalização eletrônica do Detrans, o departamento municipal de trânsito. Desde 2002, legislação municipal determina o uso da cor laranja nos postes onde estão instalados os radares. A lei foi aprovada para a cidade contar com sinalização “diferenciada” para os radares.

Além disso, há sinalização sobre a presença dos equipamentos de controle de velocidade. Os radares móveis, tema de polêmica em anos anteriores, deixaram de ser usados no ano passado nas operações de fiscalização. A resolução do Conselho Nacional do Trânsito, em vigor desde o início de novembro, impõe uma série de regras sobre a visibilidade dos radares móveis e fixos.

A maior parte das multas de trânsito em Joinville é registrada pela fiscalização eletrônica. Neste ano, até agosto, 110 mil das 140 mil infrações aplicadas na cidade foram por meio dos radares. A proporção de quase 80% dos aparelhos nas notificações ocorreu no ano passado.

Fonte: NSC Total

Publicidade
Categorias NOTICIASradar
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação