Publicidade

Volvo caminhões testa caminhões de construção 100% elétricos

Publicidade

A Volvo caminhões inicia os testes-piloto com caminhões elétricos para o setor de construção em outubro . Com o objetivo de aumentar a eficiência e reduzir o impacto climático, especialmente em áreas urbanas sensíveis, a empresa irá fornecer dois caminhões pesados ​​para um de seus clientes, a Swerock, para atender à crescente necessidade de redução de ruídos e emissões.

Depois de testar com sucesso esses tipos de veículos no transporte urbano e coleta de lixo, o fabricante sueco está agora implementando dois caminhões de construção 100% elétricos em conjunto com soluções de carregamento, para serem testados em operações reais.

“Os caminhões no segmento de construção geralmente exigem mais potência e robustez do que outros segmentos, e os caminhões elétricos não são exceção”, disse Jonas Odermalm, vice-presidente de Eletromobilidade da empresa. “Nossas soluções de negócios devem atender às demandas de alta produtividade e disponibilidade, ao mesmo tempo em que oferecem os benefícios de redução de emissões e ruído”, acrescenta.

Como parte dos testes, um caminhão elétrico Volvo FM equipado com betoneira fornecerá cimento. Além disso, outro equipado com guindaste será usado em projetos maiores de infraestrutura. Além de analisar o desempenho dos próprios veículos, os testes também irão analisar o ecossistema geral da eletro mobilidade , a fim de detectar oportunidades de carregamento online que atendam às necessidades em termos de produtividade. Os benefícios dos veículos elétricos para ambientes urbanos serão medidos em termos de transporte mais silencioso , segurança no local e conforto do motorista.

Publicidade
Categorias caminhoneirovolvo
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação