Publicidade

Tarifas da Rodonorte sobem cerca de 40%, a partir desta quarta-feira

Publicidade

Valores reduzidos estavam em vigor desde abril de 2019 quando empresa fechou um accaordo de leniência com o Ministério Público Federal.

Tarifas da Rodonorte sobem cerca de 40% e o período de desconto nas tarifas de pedágio da concessionária CCR Rodonorte, que administra trechos da BR-376, BR-277 e PR-151, termina nesta terça-feira (13). A partir da meia-noite desta quarta-feira (14), os valores serão reajustados em 40%.

A redução nos preços foi definida por um acordo de leniência firmado entre a empresa e o Ministério Público Federal (MPF). A força-tarefa da Lava Jato fechou acordo de R$ 750 milhões com a concessionária.

O MPF informou que, no acordo, a concessionária reconheceu o pagamento de propinas para alterações em contratos desde o ano 2000. A Rodonorte administra 487 quilômetros de rodovias no estado.

As tarifas foram reduzidas em 30% em abril de 2019 . Segundo a empresa, o retorno com aumento de 40% se deve ao reajuste anual aprovado em dezembro de 2019.

Confira, abaixo, os preços a partir desta quarta-feira

Carros:

Ortigueira – BR-376 – R$ 11,90
Imbaú – BR-376 – R$ 11,90
Tibagi – BR-376 – R$ 11,90
Jaguariaíva – PR-151 – R$ 8,10
Carambeí – PR-151 – R$ 10,60
Witmarsum – BR-376 – R$ 12,80
São Luiz do Purunã – BR-277 – R$ 8,90


Caminhão:

São Luiz do Purunã – BR-277 – R$ 17
Witmarsum – BR-376 – R$ 20
Carambeí – PR-151 – R$ 18,20
Jaguariaíva – PR-151 – R$ 13,40
Tibagi – BR-376 – R$ 19,40
Imbaú – BR-376 – R$ 19,40
Ortigueira – BR-376- R$ 19,40

Ônibus com dois eixos:

São Luiz do Purunã – BR-277 – R$ 17,80
Witmarsum – BR-376 – R$ 25,60
Carambeí – PR-151 – R$ 21,20
Jaguariaíva – PR-151 – R$ 16,20
Tibagi – BR-376 – R$ 23,80
Imbaú – BR-376 – R$ 23,80
Ortigueira – BR-376- R$ 23,80


Moto:

São Luiz do Purunã – BR-277 – R$4,50
Witmarsum – BR-376 – R$ 6,40
Carambeí – PR-151 – R$ 5,30
Jaguariaíva – PR-151 – R$ 4,10
Tibagi – BR-376 – R$ 6
Imbaú – BR-376 – R$ 6
Ortigueira – BR-376- R$ 6

Fonte: G1

Publicidade
Categorias ESTRADAS
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação