Publicidade

segue a todo vapor com as obras de duplicação e adequação de capacidade da BR-163

Publicidade

A rodovia federal é um dos principais eixos logísticos para o escoamento de produtos paranaenses e do Mato Grosso do Sul, permitindo, assim, o acesso aos portos de Paranaguá

segue a todo vapor com as obras de duplicação de acordo com o Dnit, rodovia é importante corredor logístico para escoamento da produção


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) segue a todo vapor com as obras de duplicação e adequação de capacidade da BR-163, no Paraná. A rodovia federal é um dos principais eixos logísticos para o escoamento de produtos paranaenes e do Mato Grosso do Sul, permitindo, assim, o acesso aos portos de Paranaguá (PR) e Itajaí (SC).

A BR-163 está sendo duplicada em dois segmentos. O primeiro trecho está localizado entre os municípios de Cascavel e Marmelândia, possuindo 74 quilômetros de extensão. O segundo trecho situa-se entre os municípios de Toledo e Marechal Cândido Rondon, totalizando 38,9 quilômetros de extensão.

Nesta semana, no trecho Marmelândia-Cascavel, os trabalhos se concentram em Capitão Leônidas Marques e Santa Lúcia. E no trecho Toledo-Cascavel, são realizados em Quatro Pontes. Diversos serviços estão em execução na rodovia, a exemplo de terraplenagem, drenagem, base, tratamento superficial duplo (TSD), desmonte de rocha, revestimento asfáltico, pavimento rígido e camada de brita graduada tratada com cimento.

Fonte: Estradas

Publicidade
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação