Publicidade

PM multa em mais de R$ 24 mil caminhões carregados de madeira ilegal

Publicidade

O material apreendido e os veículos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Cassilândia

PM multa em mais de R$ 24 mil caminhões e a Polícia Militar Ambiental apreendeu hoje (11) dois caminhões carregados de madeira ilegal. As apreensões foram em Cassilândia, a 435 km de Campo Grande.

A primeira apreensão foi de um caminhão Tractor Mercedes Benz, com uma carreta acoplada transportando carga em excesso de 7 m³, ao que constava na autorização ambiental Documento de Origem Florestal (DOF) e na nota fiscal.

O veículo transportava 34 m³ de madeira e na documentação ambiental e na nota fiscal constavam apenas 28 m³. Além disso, o itinerário que constava na documentação ambiental não passava por Mato Grosso do Sul, o que é ilegal e por si só caberia a apreensão e autuação.

A carreta com reboque carregada com a madeira pertence a uma empresa com sede em Espigão do Oeste (RO), e foi apreendida. A empresa infratora foi autuada administrativamente e foi multada R$ 10.500,00. A carga seguia de Espigão do Oeste (RO) para a cidade de Tietê (SP).

Segunda apreensão

Em uma segunda abordagem também hoje, os Policiais pararam um Tractor Volvo com carreta bitrem acoplada transportando 47 m³ de madeira. O itinerário que constava no DOF, não passava por Mato Grosso do Sul. O veículo e a carga pertencente a uma empresa de Porto Velho (RO) foi apreendida. A carga seguia de Porto Velho (RO) para a cidade de Ipaussu (SP). A empresa infratora foi autuada administrativamente e foi multada R$ 14.100,00.

O material apreendido e os veículos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Cassilândia. Os responsáveis pelas empresas responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de prisão.

Fonte: Acriticia

Publicidade
Categorias caminhão
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação