Publicidade

Obra de duplicação na BR-381 tem licença ambiental renovada

Publicidade

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, autorização abrange 303 quilômetros da rodovia

Obra de duplicação na BR-381 e melhorias da Rodovia Fernão Dias (BR-381) – trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares, em Minas Gerais – estão com a Licença de Instalação (LI) renovada por mais quatro anos.

A solicitação foi feita pelo Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e aprovada pelo Conselho Estadual de Política Ambiental, vinculado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad/MG).

“A renovação tornará o empreendimento ainda mais atrativo para a concessão. Esse é mais um compromisso do Governo Federal em priorizar obras estratégicas, que irão levar mais segurança aos usuários”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

A licença obtida abrange toda a extensão de 303 quilômetros da rodovia, onde acontecem as obras. A LI autoriza a instalação do empreendimento, atividade ou obra de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, fixando cronograma para execução das medidas mitigadoras e da implantação dos sistemas de controle ambiental.

O Dnit executa quatro de um total de 11 lotes das obras de duplicação e melhorias na BR-381/MG: os lotes 3.2 e 3.3, que já estão concluídos, e os lotes 3.1 e 7, cuja conclusão está prevista para o 1° semestre de 2021. Os demais lotes da rodovia também passarão por obras de duplicação, mas o processo será realizado através do Programa de Concessões do Governo Federal. A expectativa é de que a rodovia seja concedida já no primeiro trimestre do próximo ano.

As obras de duplicação seguem em ritmo intenso nos lotes 3.1 e 7, com trechos e obras de artes especiais sendo liberados ao tráfego de veículos e pedestres. Somente em agosto, foram liberados 12,9 quilômetros de novas pistas duplicadas que já estão sendo utilizadas, trazendo mais conforto e segurança aos motoristas.

Fonte: Estradas

Publicidade
Categorias DNITESTRADAS
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação