Publicidade
Categorias CaminhãoNoticias

Tatra estimado investimento em R$ 600 milhões em fábrica no Brasil

Publicidade

Tatra estimado investimento e o Governo do Estado do Paraná e a Tatra Trucks, montadora de caminhões da República Tcheca, irão oficializar com assinatura às 14h30 desta quinta-feira (3), a primeira fábrica da multinacional fora da Europa que estará localizada no distrito industrial de Ponta Grossa. O investimento é estimado em R$ 600 milhões e as tratativas vêm sendo realizadas desde 2019, com um atraso para fechar o acordo devido a pandemia do novo coronavírus.
A Tatra Trucks, pertencente a holding CSG Aerospace, é conhecida mundialmente pela construção do Tatra Phoenix Euro 6, que será produzido em Ponta Grossa e iniciou sua produção em território europeu em 2015. A linha de montagem se destaca pela utilização de veículos militares e de defesa, mas que também pode ser utilizado em diversos setores, como agronegócio, indústria pesada, carga de madeira e granel, mineração, entre outros.
O barracão que abrigará o barracão da multinacional está localizado na região do distrito industrial, muito próxima a concessionária DAF (MacPonta). As obras de construção civil previam, inicialmente, seis mil metros quadrados, que iniciaram no segundo semestre de 2019. A previsão é continuidade das obras no mesmo período de 2020, com a previsão de início das operações em 2021.
O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PSDB), em seu programa que mantém matinalmente no rádio da cidade, destacou a conquista e confirmou a assinatura do protocolo que traz a indústria tcheca para o município. “Seja bem-vinda esta grande indústria de caminhões, Tatra, oficialmente de Ponta Grossa”, comentou o chefe do Executivo ponta-grossense.
Rangel também citou como a cidade vem tornando-se um polo automobilístico, contando com outra montadora de veículos do mesmo porte, a DAF Caminhões. Em complemento, o prefeito ponta-grossense citou que a operação da Tatra será com a finalidade de exportar os caminhões de guerra e defesa, mas com outras incumbências, para toda a América Latina, além da utilização de unidades no próprio território nacional.

Escolha está relacionada com a DAF

A escolha da cidade também está muito relacionada com a DAF: a montadora holandesa, pertencente ao Grupo Paccar, detém 19% da Tatra. Muitas das peças utilizadas pelos caminhões e veículos da Tatra na Europa são provenientes da própria DAF, como os motores, cabines, conjuntos ópticos, entre outros itens. Além disso, uma outra fornecedora da montadora, a Brano, fabricante de autopeças vinculada à Tatra, irá se instalar na região
Fonte: A Rede

Publicidade
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação