Publicidade

Monitoramento de ar ruídos e vibrações feito nos trechos onde estão sendo executadas obras na pista

Publicidade

Monitoramento de ar ruídos e vibrações e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) fará, nos próximos dias, monitoramento com moradores lindeiros da BR-381 para verificar a qualidade do ar e presença de ruídos e vibrações, em segmentos onde são executadas as obras de duplicação da rodovia federal.

Por causa da pandemia de covid-19 e as restrições de contato social impostas por ela, o levantamento de dados será totalmente on-line, destaca o Dnit.Para isso, o consórcio Skill-MPB Engenharia, Gestora Ambiental do empreendimento, vai distribuir cartazes com as informações de como participar do questionário on-line e o QR Code de onde as pessoas poderão acessar as perguntas pelo celular. Basta escanear o código e responder as 17 perguntas, finalizar e enviar o formulário.

O questionário on-line está dividido em três temas. O primeiro traz perguntas referentes à qualidade do ar; o segundo traz questionamentos sobre a presença de ruídos e, por último, as pessoas vão responder perguntas sobre vibrações. Os cartazes com o QR Code para acesso ao questionário serão entregues no bairro Novo Centro, em Antônio Dias, trecho em obras pertencente ao Lote 3.1.

O levantamento e a mensuração dos dados obtidos seguem padrões e a Legislação Aplicável e Requisitos Legais de órgãos municipais, estadual e federal. No levantamento feito no fim do ano passado, nenhum dos dados colhidos apresentou níveis na qualidade do ar, variação de ruídos ou vibrações que estejam foram dos padrões ou que oferecessem perigo para as comunidades próximas das obras.

O monitoramento é integrante do Programa de Controle da Qualidade do Ar e do Programa de Controle de Ruídos e Vibrações. O objetivo do primeiro programa é estabelecer o monitoramento da qualidade do ar ao longo da rodovia durante as obras, obedecendo a legislação pertinente e propondo ações que possam mitigar os impactos decorrentes das atividades construtivas.

Fonte: Diário do Aço

Publicidade
João

Técnico em Logística e apaixonado por caminhões e ônibus.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação