Publicidade
Categorias Caminhoneiro

Dois assaltantes são mortos pela PM após sequestrar um caminhoneiro

Publicidade

Uma perseguição policial de cerca de 20 quilômetros pela BR-381, rodovia Fernão Dias, iniciada na altura da cidade de Extrema, no Sul de Minas, na madrugada desta quarta-feira (16), terminou com dois suspeitos de assalto a caminhão de gás mortos por policiais militares de Minas Gerais (MG).

A ocorrência teve início após uma denúncia anônima que dava conta que dois homens haviam abordado o motorista de um caminhão de gás no estacionamento de um restaurante às margens da rodovia, na altura da cidade de Extrema, e teriam feito o caminhoneiro como refém.

Os militares chegaram rapidamente ao local e avistaram o caminhão de gás deixando o pátio do restaurante e seguindo em direção ao estado de São Paulo. Os policiais iniciaram uma perseguição que durou cerca de 20 quilômetros.

Segundo informações da Polícia Militar, durante o trajeto, foi dada ordem de parada para o suspeito que estava na direção do caminhão. Mas ele não obedeceu e ainda realizou manobras perigosas, colocando outros veículos que estavam na rodovia em risco.

Leia Também: Caminhoneiro atropelou irmão quando auxiliava em manobra

Ainda durante a perseguição, a Polícia Militar de São Paulo e a Polícia Rodoviária Federal foram acionadas para dar apoio e montaram um certo na rodovia do lado paulista. Contudo, os suspeitos pararam o veículo um pouco antes do certo. Eles decidiram interromper a viagem assim que chegaram ao posto de pedágio da rodovia Fernão Dias na cidade de Vargem, no interior paulista.

Os suspeitos deixaram o caminhão pela janela, segundo informou a Polícia Militar, e saíram segurando um objeto preto nas mãos. Foi dada ordem de parada, mas os suspeitos mais uma vez não teriam obedecido e os militares atiraram.

A dupla baleada foi socorrida para o Hospital de Pronto Socorro de Extrema, mas chegou a unidade de saúde sem vida. O caminhoneiro foi libertado e o caminhão recuperado.

O motorista, que não tinha nenhum ferimento, contou que os suspeitos usavam uma arma no momento em que ele foi abordado. Foram feitas buscas no veículo, mas nenhum revólver foi encontrado.

Fonte: itatiaia

Publicidade
João Neto

Sou apaixonado pelo empreendedorismo, caminhão e ônibus e Hoje me dedico 100% aos amigos caminhoneiros com noticias e dicas da estrada.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação