Publicidade

DNIT concluiu recentemente dos últimos 10 quilômetros de acostamento na BR-146

Publicidade

DNIT concluiu recentemente dos últimos 10 quilômetros de acostamento na BR-146

DNIT CONCLUI OBRAS NOS ACOSTAMENTOS NA BR-146, EM MG

DNIT concluiu recentemente trecho abrangido fica entre Araxá e Patos de Minas; últimos 10 quilômetros já foram entregues
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu recentemente a implantação dos últimos 10 quilômetros de acostamento e de sinalização na BR-146, no Estado de Minas Gerais.

De acordo com a Autarquia, o trecho entre os Kms 0 e 10, fica em Patos de Minas. Assim, todo o segmento de 120,2 quilômetros, entre Patos de Minas e Araxá, recebeu os serviços de manutenção rodoviária e está com acostamento ao longo da pista.

Ainda de acordo com o Dnit, a próxima etapa a ser executada pela Autarquia é a de hidrossemeadura – quando há aplicação de sementes para criar vegetação de proteção no local. O objetivo da medida é proteger os taludes de erosões.

Área de escape


A BR-146 integra um importante corredor logístico de escoamento agrícola de Minas Gerais, principalmente da produção de café.

No ano passado, o Dnit realizou uma obra inédita na região com o objetivo de diminuir o risco de acidentes com veículos de transporte de cargas.

A ação consistiu em uma área de escape em um trecho conhecido por seu declive sinuoso. Fica na BR-146, próximo à Serra do Salitre, em Catiara.

Agora, os motoristas de veículos de carga em situação de emergência poderão desviar a rota para a área de escape. Essa área tem cascalho na pista, que funciona como uma “caixa de brita”, a exemplo dos circuitos de Fórmula 1. O material absorve e reduz a velocidade até a parada total do veículo.

Além da área de escape, o trecho recebeu trabalhos de remodelagem do raio da curva, que garantirem mais segurança para os motoristas.

Fonte: Estradas

Publicidade
Junior Ribeiro

Engenheiro Civil no 10º semestre pela Universidade Estácio de Sá, um amante de veículos pesados devido grande influência do pai. Aos 7 anos de idade o seu maior sonho era ser motorista de transporte coletivo, no entanto, no ano de 2014 ingressou em uma empresa de transporte coletivo, como jovem aprendiz onde juntamente com seu amigo de trabalho fundou o Brasil do Trecho.

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação