Publicidade

Teste iniciado de café ensacado de 21 toneladas foi transportado em ferrovia

Publicidade

MRS transporta café em contêineres ao Porto do Rio

Teste iniciado de café ensacado tem a primeira parte do transporte é pelo modal rodoviário, entre Varginha e Ribeirão Vermelho, também em Minas Gerais. Os containers são embarcados na concessionária de transporte ferroviário da região, e seguem até o Terminal multimodal da Multitex em Volta Redonda, onde ocorre o transbordo para a linha ferroviária MRS com destino ao Porto do Rio, onde o café é exportado para o Estados Unidos e Europa.
“Por se tratar de uma carga com alto nível de cuidado no manuseio e um fluxo novo na ferrovia, de uma região onde a MRS não tem malha, no caso Varginha, o teste operacional registrou ótimo desempenho, cumprindo com a programação previamente acordada com o cliente, comentou o gerente comercial da carteira de Agrícolas, Marcelo Jesus.
O café ensacado foi transportado nessa operação em 10 containers de 20 pés, que vieram numa composição de Carga Geral. Cada container transportou 21,6 toneladas. A operação trouxe mais um novo cliente para o portfólio MRS, o Porto Seco Sul de Minas um dos principais CLIAs de Minas. O CLIA é um Centro Logístico Industrial Aduaneiro, local que se encontra na zona secundária para armazenagem e despacho de importação e exportação.
Teste iniciado de café ensacado e a parceria com os fornecedores de serviços multimodais nos terminais Multitex e TORA foi essencial para construirmos a solução, além do ótimo acompanhamento por parte da equipe MRS de operação de Pátios e Terminais do Rio, visto as exigências e particularidades do café. Todo o transporte ocorreu conforme planejado, isso mostra o quanto temos capacidade de entrar nesse mercado do café”, disse o Coordenador de Logística da MRS, Allan Silveira.
Fonte: Porto Gente

Publicidade
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação