Publicidade

Ladrões fazem reféns e roubam caminhão com 43 cabeças de gado

Publicidade

Caminhoneiro e dono dos animais foram rendidos

Ladrões fazem reféns e roubam e doi foram forçados a entrar em um dos veículos utilizados pelos ladrões e percorreram várias cidades até serem deixados em Itápolis. “Falavam que queriam matar, que era para ficar quieto que não ia acontecer nada”, afirma Aranha.
Após serem libertadas, as vítimas conseguiram pedir ajuda ao motorista de um caminhão canavieiro, que ligou para o chefe na usina, e a Polícia Militar foi acionada.
Arlindo acredita que os dois foram monitorados pelos assaltantes desde o leilão, e que o crime foi encomendado.
“É um pessoal especializado, já sabia tudo certinho e poderia estar acompanhando o leilão, sondando lá e depois veio acompanhando na estrada.”
Um boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Civil de Taquaritinga, que vai investigar o assalto.
O caminhão e o gado não foram recuperados. O caminhoneiro e o dono dos animais trabalham há mais de 30 anos transportando carga viva, e nunca tinha sido roubados.
“Há muitos anos estou nessa vida de estrada à noite. A gente sempre ouve falar de caminhão com carga fechada [alvo de crime], mas nunca comigo. Agora, a gente vai participar de leilão, comprar o gado, mas esperar o outro dia cedo. A gente deve evitar [rodovia à noite]”, afirma o pecuarista.
Fonte: G1

Publicidade
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Esse website utiliza cookies.

Consulte Mais informação