Madeira teria sido extraída de forma ilegal e foi apreendida pela PRF

Madeira teria sido extraída de forma ilegal em Moju, no Pará, e seria entregue em Guarabira.

Madeira teria sido extraída de forma e a carreta carregada com madeira ilegal foi apreendia pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Campina Grande. De acordo com a PRF, o material teria sido extraído de maneira ilegal em Moju, no Pará, e seria entregue em Guarabira, no Brejo da Paraíba.

A apreensão aconteceu na tarde do domingo (26), na BR-230. Segundo a PRF, ao abordar o veículo, os policiais verificaram que havia irregularidade nos documentos apresentados pelo condutor e a carga transportada, como volume e espécies de madeira.

De acordo com a PRF, o condutor da carreta, de 51 anos, informou à PRF que receberia R$ 6,5 mil pelo transporte ilegal até Guarabira.

Tanto o condutor quanto a madeireira responsável pelo transporte da carga ilegal e emissão dos documentos ambientais irregulares deverão responder criminalmente por transportar madeira ilegal, de acordo com a Lei 9.605/98, que trata sobre os crimes contra o meio ambiente, segundo a PRF.

Fonte: G1

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler