DNIT conclui a construção de três pontes no Pará

DNIT conclui a construção de três pontes no Pará

Usuários podem trafegar pela rodovia federal sem utilizar desvios ou pontes de madeira

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu a construção de três pontes de concreto no estado do Pará. As equipes da Autarquia atuaram entre os municípios de Brasil Novo e Medicilândia com serviços que visam substituir as antigas estruturas de madeira. Com a conclusão do empreendimento, os usuários podem trafegar pelo trecho pavimentado sem a necessidade de utilizar desvios ou pontes de madeira.

As novas estruturas, construídas para realizar a travessia sobre os rios Penetecal I, Penetecal II  e Seiko, possibilitam uma ligação mais segura aos municípios que cortam a rodovia. Permitem um avanço na mobilidade rodoviária e contribuem para um melhor escoamento da produção regional.

A BR-230, mais conhecida como Transamazônica, é considerada a rodovia mais longa do país. As novas pontes permitem um acesso mais seguro ao município de Medicilândia, o maior polo produtor de cacau da Amazônia.

No Pará já foram entregues 36 pontes de concreto. Elas estão localizadas sobre os rios Anapú, Pilão, Praiado, Jacuba, São Benedito, Puraquer, Panelas, Jacurú, Pacal, Butica, Cachimbo, Traíra, Águas Lindas ou Aparecida II, Aparecida I, Atacadão ou Buriti, Aratú, Jacarezinho, Jacaré, Aruanã, Lajeado, Uruará, Araras, Curuauna II, Curuauna I, Muiraquitã, Kiri Kiri, Macanã, Jurupai, Curuatinga, Peruda, Boiaçu, Itapacurazinho e Samurai, Penetecal I, Penetecal II e Seiko.

Fonte: DNIT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.