Caminhoneiros relatam falta de iluminação na BR-116 e na RS-239

Caminhoneiros relatam falta de iluminação na BR-116 e na RS-239

Mesmo com melhorias previstas, escuridão na BR-116 e na RS-239 preocupa motoristas

Caminhoneiros relatam falta de iluminação e a escuridão de trechos das rodovias da região é motivo de reclamações frequentes de motoristas que trafegam pelos locais. Um ponto que é sinônimo de extrema preocupação é no entorno do viaduto da RS-239 sobre a BR-116, em Novo Hamburgo.

Quem trafega pela rodovia federal, no bairro Operário, e vai acessar a estrada estadual aponta como pontos críticos as alças de acesso, que estão em completa escuridão. O mesmo acontece para quem sai da RS-239 para a BR, no lado hamburguense da rodovia. Noites com chuva deixam o local ainda mais perigoso.

O vendedor Maurício Maurer, de 55 anos, morador de Campo Bom, utiliza o acesso ao menos quatro vezes por semana. Ele alerta que o perigo de acidentes existe até para quem conhece os acessos. “É muito comum vermos motoristas cortando a frente de outros porque não viram o acesso. Já teve caminhão batendo no guard-rail, e carro passando reto pela curva. Além disso, na BR ainda tem pedestre que insiste em atravessar a rua por ali, e nós motoristas só vemos quando estamos quase atropelando a pessoa”, avalia.

Melhorias na BR terão que esperar

Os pedidos por iluminação são antigos, e recaem sobre a Prefeitura. Em outubro de 2019, o Jornal NH relatou que diversos pontos da BR-116, no trecho hamburguense estava às escuras. Na época foi noticiado que a Prefeitura assumiu a manutenção e previa a troca das lâmpadas. A reportagem voltou a questionar sobre a manutenção.

Caminhoneiros relatam falta escuridão e conforme a assessoria afirmou, “na BR-116 serão trocadas apenas as luminárias, permanecendo os mesmos postes e braços das luminárias. Serão trocadas as lâmpadas atuais de vapor de sódio 250W por luminárias a LED 200W, devido a maior durabilidade, menor consumo de energia e rendimento de luminosidade superior”, informaram. A quantidade aproximada a ser trocada corresponde a 460 luminárias, incluindo pista principal, laterais e viadutos. “A aquisição das luminárias entrará em processo de licitação em momento oportuno, já que a prioridade atual é alocar os recursos do caixa único no combate à pandemia de Covid-19”, finaliza o comunicado.

Fonte: Jornal NH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.