DNIT vai pavimentar 52 quilômetros na BR-319 no Amazonas

Dnit lança edital para pavimentação na BR-319

DNIT vai pavimentar 52 quilômetros e o Ministério da Infraestrutura e o Denit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) publicaram, na quarta-feira (24), no Diário Oficial da União (DOU), o edital de licitação para contratação da empresa que vai elaborar o projeto básico e executivo de engenharia, além de realizar as obras de pavimentação e reconstrução de 52 quilômetros na BR-319, no Amazonas, lote C, entre o km 198 e o km 250. O trecho era asfaltado e por falta de manutenção perdeu toda a malha. O reasfaltamento vai garantir o fluxo mais seguro na rodovia, que é uma importante via de ligação entre os Estados do Amazonas e de Rondônia.

“Como compromisso do governo do presidente Jair Bolsonaro, nós vamos licitar essa obra, que representa um marco para o desenvolvimento destes dois estados”, explicou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Para o diretor-geral do Dnit, general Santos Filho, a pavimentação da BR-319 tem um sentido especial para a Autarquia, pois a rodovia já foi asfaltada no passado, de Porto Velho a Manaus, e hoje traz grandes dificuldades para a população. “A obra do Dnit vai proporcionar um enorme alcance social. Será um resgate ter novamente essa estrada asfaltada”.

A BR-319 é fundamental para o transporte de pessoas e a integração social dos estados do Amazonas e Rondônia. A reconstrução dos 52 quilômetros vai garantir maior segurança e redução no tempo de viagem. Hoje, as alternativas à rodovia são o transporte por barco ou avião.

Para o senador Acir Gurgaqcz (PDT-RO), a obra é de suma importância para a integração e desenvolvimento econômico dos estados da região Norte, principalmente Rondônia e Amazônia.

“Esperamos que a obra seja executada sem interrupoção para que no próximo inverso, o sofrimento de nossa gente seja menor”, ponderou.

DNIT vai pavimentar 52 quilômetros e a reconstrução dessa rodovia é uma das lutas do mandato do senador Acir Gurgacz, que em 2018, organizou a Caravana da Integração pela BR-319, realizando o trajeto de Porto Velho a Manaus, juntamente com outras lideranças.

Fonte: Diário do Amazonas

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler