Liderança dos caminhoneiros diz que a estratégia do Bolsonaro e jogar um contra o outro

“Bolsonaro joga um contra o outro”, critica líder dos caminhoneiros na PB

Liderança dos caminhoneiros diz que o presidente do Sindconpetro-PB, Emerson Galdino, criticou nesta quarta-feira (1), a estratégia do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), de usar a categoria para defender a volta das atividades em meio à pandemia do novo coronavírus.

Nas últimas semanas, Bolsonaro tem divulgado uma série de vídeos feitos por caminhoneiros recheados de ameaças de paralisação, em virtude da quarentena decretada por governadores que fecharam restaurantes e borracharias. A medida já foi flexibiliza.

Liderança dos caminhoneiros diz que para Galdino, Bolsonaro está colocando “um contra o outro” no país. “Acho que o presidente deveria pensar mais antes de fazer seus pronunciamentos”, afirmou ao Portal MaisPB.

“Ele vem sendo muito infeliz e incoerente em suas falas, acho que não é uma postura de presidente. Todos os países estão enfrentando esse coronavírus e vem tomando medidas totalmente contrarias as dele. Ele fala em proteger os idosos, mas as pessoas que convivem com idosos quando saem para trabalhar, elas trazem o vírus para dentro de casa”, declarou.

De acordo com o dirigente, as mercadorias estão chegando normalmente na Paraíba, descartando, portanto, um eventual desabastecimento no estado.

“Se depender dos caminhoneiros, as mercadorias vão chegar de forma normal. Mas não depende apenas dos motoristas. Depende se as indústrias estão funcionando, se tem estoque, mas por parte dos caminhoneiros está tudo sob controle. Até hoje está tudo normal”, disse.

Fonte: Mais PB

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler