VW lança ônibus hibrido com motor de Golf

Ônibus híbrido da VW usa motor de Golf e roda 200 km sem recarga

VW lança ônibus hibrido e passear de trólebus pelas ruas do Centro de São Paulo era um dos meus passatempos favoritos de infância. Admito que ficava fascinado com a ideia de andar em um ônibus tão grande que quase não fazia barulho, especialmente quando você tem só cinco anos. Desde então alimentava um sonho: dirigir um ônibus.

Assim dá para imaginar como essa reportagem foi especial para mim. Dirigir um ônibus híbrido foi a realização de dois grandes sonhos. E de quebra ainda fui o primeiro jornalista a guiar o E-Flex, ônibus híbrido flex do mundo que ainda está na fase de protótipo.

“O E-Flex é resultado de uma plataforma modular de veículos eletrificados que estamos desenvolvendo há três anos. Sua proposta traz a proposta de um carro de passeio por meio do uso do motor 1.4 TSI que é consagrado no Golf e traz a flexibilidade de diferentes formas de tração e propulsão. E existe ainda a possibilidade de trabalhar com diferentes matrizes energéticas, como etanol, gasolina e até gás natural”, afirma Argel Franceschini, supervisor de engenharia de mobility e autônomos da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Sucesso no mundo

O E-Flex é um projeto desenvolvido totalmente no Brasil pela Volkswagen Caminhões e Ônibus. Fez sua estreia no Salão de Hannover de 2018, o maior evento de utilitários e veículos pesados do mundo.

Além da Alemanha, ele também participou de um evento de inovação na Suécia, onde foi muito bem recebido. Não é para menos: trata-se do primeiro estudo de ônibus do grupo Traton (formado pelas marcas MAN, VW Caminhões e Ônibus e Scania) com propulsão híbrida flex.

A filial brasileira, aliás, se firmou dentro do grupo como uma forte apoiadora de fontes alternativas de propulsão. É dela o projeto do E-Delivery, o versátil caminhão elétrico revelado na última Fenatran.

Cara de ônibus, coração de Golf

O E-Flex tem dois motores: um movido a gasolina ou etanol e outro elétrico. O motor a combustão é um velho conhecido da indústria automotiva: é o 1.4 TSI de 150 cv que equipa vários modelos da Volkswagen, como Jetta, Polo GTS e Golf GTE – o primeiro automóvel hibrído vendido pela marca no país.

No E-Flex ele serve como gerador para as baterias do motor elétrico e entra em ação quando a carga das baterias fica abaixo de 20% e deixa de funcionar quando a carga chega a 80%. Este tipo de híbrido é chamado de serial. De acordo com a fabricante, as baterias podem ser totalmente carregadas em até três horas.

Fonte: UOL

admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhão é flagrado transportando casa no Paraná

De acordo com a prefeitura o transporte deveria ter uma liberação Um morador filmou o…

14 horas atrás

Caminhoneiro colide ao tentar desviar de galho de árvore

O motorista de caminhão ficou ferido e precisou de atendimento médico Uma colisão entre dois…

14 horas atrás

Vídeo flagra carreta realizando manobra após ficar sem freio

Inacreditável manobra do motorista para evitar um grave acidente Nesta quarta-feira , uma carreta carregada…

14 horas atrás

Eixo de carreta se desprende em um retorno na Dutra

O condutor do caminhão realizava um retorno no viaduto do Cajueiro Uma carreta do tipo…

14 horas atrás

De acordo com polícia caminhoneiro teria dormido ao volante em acidente

Durante o atendimento uma das faixas ficou interditada Um caminhoneiro dormiu ao volante e bateu…

14 horas atrás

Vídeo caminhoneiro perde freio e conseguiu evitar grave acidente

Durante descida na Serra de Corupá o motorista viveu um momento de tensão Um vídeo…

14 horas atrás

Este site usa cookies.

consulte Mais informação