Volvo tem preferência em caminhão pesado

No mercado de caminhões, Volvo tem preferência em caminhão, a marca foi a que mais cresceu em 2019

Volvo tem preferência em caminhão, mais uma vez, os caminhões pesados se apresentaram como os catalizadores no processo de recuperação do mercado. Pelos números da Anfavea, enquanto as vendas totais evoluíram 33,3% sobre 2018, para 101,3 mil unidades, somente a categoria de pesados anotou alta de 48,7%, com 51,7 mil veículos, o que representou mais da metade das entregas.

Neste subsegmento, a disputa acirrada se concentra entre Mercedes-Benz, Scania e Volvo que, juntas, responderam por 41,2 mil caminhões, quase 80% dos pesados negociados no ano passado. Na contenda, porém, a Volvo se saiu melhor.

Volvo anota o maior crescimento

A fabricante de Curitiba (PR) entregou no ano passado 14,5 mil pesados. Além do volume proporcionar a liderança na categoria, com participação de 28%, as vendas avançaram 58,7% em relação a 2018. Foi a marca que que mais cresceu no subsegmento, anotando 10 pontos porcentuais acima da evolução da faixa do mercado.

O amplo trabalho de desenvolvimento em caminhões pesados para a realidade do transporte brasileiro feito pela Mercedes-Benz nos últimos anos, colocou definitivamente a marca para brigar na categoria. Se no passado não muito distante atuava como coadjuvante dentre os pesados, agora busca liderança.

A marca encerrou o período na vice-liderança do subsegmento com 14,1 mil caminhões licenciados, bem perto da Volvo, com participação de 27,3%. Mas embora também tenha anotado crescimento nas vendas de pesados, de 41,6%, o desempenho ficou abaixo do mercado da categoria.

Fonte: Auto Industria

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler