Scania T 113 e R 440 são os caminhões que cresceram a marca

Caminhões que cresceram a marca os Scania T 113 e R 440 ajudaram a construir a imagem da marca como fabricante de caminhões premium.

Caminhões que cresceram a marca os Scania T 113 e R 440, sem dúvida nenhuma, ajudaram a marca a mexer com o imaginário coletivo dos apaixonados por caminhões. O primeiro modelo que popularizou a marca foi o 111, mais conhecido como Scania Jacaré. Ele se tornou um ícone da Scania, mas não vendeu como os modelos T 113 e R 440.

No entanto, quando o assunto é sucesso comercial, nenhuma outra gama vendeu mais no Brasil do que a Série 3. Essa família era composta por duas linhas de veículos, o T (bicudo) e R (cara chata) 113 e 143 H e E, nas configurações 4×2, 6×4, e T 113 HK 6×6. A Série 3 foi produzida de 1991 a 1998.

Chamava a atenção na época o novo motor de 11 litros e seis cilindros em linha com versões de potências de 310 cv, 320 cv, 360 cv e de 450 cv, esta última, a maior potência do mercado brasileiro na época.

Contudo, o modelo T 113 H 4×2 foi o que chamou a atenção do caminhoneiro e do transportador. O cavalinho equipado com o motor de 360 cv atraia pela cor azul com faixas decorativas laterais em rosa, lilás e roxa. Pelo conjunto da obra ele foi eleito por três vezes o “Caminhão do Ano” pela imprensa especializada.

Só dessa versão foram vendidas 19.314 unidades. Em todas as suas versões, o T 113 vendeu 26.398 unidades. A Série 3 inteira vendeu 36.340 unidades. Por isso, é até hoje a família mais vendida da marca no país. Ele sempre é lembrado nas listas dos caminhões mais emblemáticos da história do Brasil.

A linha T, de cabine com capô, era oferecida nas versões simples ou leito e com diversos opcionais. Com a linha T, foi lançado o conceito de fabricação de caminhão “sob encomenda”. O objetivo era oferecer produtos que atendessem às necessidades dos clientes.

O Scania T 113 foi o primeiro a oferecer a versão de cabine Top Line, a mais luxuosa do período. Tinha 22,5 cm a mais de altura em relação a cabine tamanho convencional. O Scania 113 é tão importante para a marca que foi o escolhido para ser homenageado nos 60 anos da Scania no Brasil, celebrados em julho de 2017.

Para representar a lenda foram escolhidos os modelos R 440 e R 480, de versões Highline Streamline. Ambos foram vendidos na cor azul clássica do 113, e também levaram as icônicas faixas laterais e adesivos comemorativos dos 60 anos e do Scania 113.

De um campeão de vendas Scania para outro

A Série 3 pode até ser a mais vendida da Scania no Brasil, mas o seu modelo mais icônico, o T 113 H 4×2 360, perdeu o posto de caminhão mais comercializado da marca. Quem roubou este título foi o R 440.

Fonte: Estradão

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler