Evolução no design dos caminhões, veja a diferença

Evolução design dos caminhões. Geralmente a mudança ocorre, quando a linha é trocada.

Acompanhe evolução design dos caminhões Diferentemente do automóvel que geralmente é eleito por sua aparência, o design do caminhão pouco importa na hora da compra. O que interessa ao cliente é sua capacidade técnica, diferencial tecnológico que ajude na segurança e na redução do consumo de combustível. E claro que nesse quesito, o design faz a diferença.

Há marcas que renovam seus produtos a cada uma década ou até mais. E ainda há aquelas fabricantes que fazem poucas mudanças estéticas. O mais comum é alguma alteração no desenho do conjunto ótico ou na grade, por exemplo.

A mais importante mudança estética pela qual os caminhões passaram foi quando, nos anos 1990, eles deixaram de ser bicudos para se tornarem cara-chatas, com intuito de aumentar a capacidade carga.

Na lista a seguir você confere os modelos que mais mudaram o visual, sem muito alterar a nomenclatura ou capacidades técnicas. Por outro lado, além da aparência, esses caminhões ganharam muita tecnologia. Na lista tem autônomo como o Volvo FH, ainda na Europa, ou o que dispensa o retrovisor, dando lugar às câmeras, como o Mercedes-Benz Actros que acaba de chegar ao Brasil. A VWCO também lança este ano o Delivery elétrico por aqui.

Atualização do Iveco Tector

Atualização Mercedes-Benz Actros

Atualização Scania

Atualização Volvo

Atualização Volkswagen

Fonte: Estadão 

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler