Caminhoneiro atacado por morcego, invade casa

Caminhoneiro atacado por morcego, no bairro Califórnia, em Itanhaém. Motorista ficou com ferimentos leves.

Um Caminhoneiro atacado por morcego perdeu o controle de um caminhão em Itanhaém, no litoral de São Paulo, nesta terça-feira. Com o susto, ele bateu em uma árvore, em um poste e derrubou o muro de duas casas, que ficaram com a estrutura bastante danificada.

De acordo com informações obtidas pelo G1, o acidente ocorreu na avenida Albert Sabin, no bairro Califórnia. Um caminhoneiro estava dirigindo de janela aberta quando um morcego entrou na cabine do veículo.

O animal, que começou a se debater, atingiu o rosto do motorista, que perdeu o controle do caminhão. Ele bateu em um poste de energia e, em seguida, derrubou uma árvore e o muro que pertence a duas casas.

“Acordamos com uma forte explosão. Parecia uma bomba, seguida de uma explosão menor. Deve ter sido da pancada e do transformador explodindo”, conta o jornalista Edgar Pedro de Souza, que mora perto do local do acidente. O caminhoneiro teve alguns ferimentos leves.

Equipes da Elektro, responsável pela distribuição de energia no bairro, foram ao local fazer os reparos na fiação elétrica. Em nota, a Elektro disse que informou que o acidente afetou o fornecimento de energia de 414 clientes. Destes, 360 já tiveram a energia normalizada. Equipes seguem trabalhando para substituir o poste para que os 54 clientes restantes tenham a energia restabelecida.

A Sabesp informou, por meio de nota, que também direcionou uma equipe ao local porque o caminhão danificou o cavalete que liga um imóvel à rede de distribuição de água. Técnicos aguardam a retirada do caminhão para executar os reparos, que serão concluídos ainda nesta terça-feira. A Sabesp disse ainda que não há registro de desabastecimento no bairro, nem mesmo no imóvel.

Por volta das 9h, a empresa enviou um caminhão para retirar o veículo acidentado e, segundo informações, irá arcar com o prejuízo dos moradores que tiveram o muro atingido.

Fonte: G1

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler