Nova geração Scania economiza até 12% de combustível

Nova geração traz mais conforto, segurança e desempenho, com 12% de economia de combustível

O preço médio do diesel sofreu sucessivas altas em setembro. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aumentou o valor do litro do combustível em 2,5%, fechando em R$ 3,67 nas refinarias. A oscilação afeta o bolso da população em geral e, por isso, motoristas e transportadoras driblam o aumento de custos com a otimização da frota.

Para economizar, alguns profissionais comprometem a qualidade do serviço, o que está longe de ser a solução ideal. Fazer a manutenção dos equipamentos e manter o contato constante com a montadora é um dos caminhos para otimizar o rendimento do veículo. Fatores como um pneu mal calibrado ou mesmo o tempo de marcha errado, por exemplo, estão entre as muitas variáveis que comprometem o consumo de diesel.

Para atender motoristas e transportadoras, a Scania inovou na tecnologia da nova geração de caminhões. O diagnóstico em tempo real das condições do veículo se tornou essencial para a economia de combustível nas estradas. Em 2019, o mercado nacional reagiu positivamente ao lançamento da nova linha, que teve cerca de de 8 mil unidades entregues até agosto.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Silvio Munhoz, diretor comercial da fabricante no Brasil, conta que a aceitação se dá pela economia comprovada de até 12%. Para economizar, um dos recursos é o sistema Opticruise, que automatiza a caixa de câmbio, selecionando a melhor marcha para balancear desempenho e consumo. Somado a ele, o sistema de alta pressão, associado a novas instalações no cofre do motor e à nova aerodinâmica externa da cabine, ajuda o motorista a otimizar a autonomia.

A nova geração Scania é totalmente voltada à eficiência. Todos os fatores da fabricação dos novos modelos somam para a segurança e conforto dos motoristas, por exemplo:

– Sistema modular da Scania é a base para soluções exclusivas;

– Nova posição do motorista aumenta a flexibilidade e segurança;

– Mesmo nível de qualidade, componentes e conforto de automóveis;

– Cabine dividida em zonas, com diferentes funcionalidades e iluminações;

– Modelo S: pela primeira vez um piso plano para maior conforto;

– O primeiro caminhão do mundo com airbags laterais de cortina.

Segurança que agrega valor

Muitos motoristas e transportadoras testaram e aprovaram a nova geração Scania. Em Santa Catarina, a Transportadora Peregrina comprovou a eficiência e rentabilidade logo que começou a renovação da frota com a concessionária Cavese. A tecnologia e a segurança dos caminhões novos agregam valor ao serviço e mantém a empresa em crescimento, como conta Jair Manoel Lima, proprietário da Peregrina. Veja o depoimento completo:

Conectividade que gera economia

Em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, a Unidão Transportes tem 93% da frota formada por veículos Scania. O diretor Ademir Dornelles relata ganho significativo nos custos de operação devido a diversos fatores inovadores da marca, como conectividade e economia de combustível. Dornelles também aprova o plano de manutenção, que funciona em tempo real e evita que os caminhões tenham longos tempos de manutenção. Veja o depoimento completo:

Financiamento descomplicado

A catarinense Marvel, fundada 1975, conta com 85% da frota formada por caminhões Scania e comprou 120 unidades da nova geração. O presidente da empresa, Ludovino Costella, destaca que desde as negociações o Scania Banco ajuda com soluções financeiras seguras. Cristiano Tibola, coordenador de oficina, conta que os motoristas preferem a marca pelo conforto e silêncio na cabine. “Ele dá maior estabilidade e muito mais conforto”, conta Tibola. Veja o depoimento completo:

Tradição em otimizar custos

A gaúcha Dachery Transporte Internacional é parceira da Scania desde a década de 1970. Sérgio Augusto Dachery, diretor da empresa, conta que a marca sempre foi a mais econômica da frota. A nova geração chegou para fortalecer essa tradição, gerando economia de combustível entre 8% a 10% em relação ao modelo anterior. Veja o depoimento completo:

Fonte: NSC Total
brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler