Chorão líder de caminhoneiros critica ameaças de greve

Líder de caminhoneiros critica ameaças de greve: “A gente tem que ter seriedade”

O caminhoneiro Wallace Costa Landim, conhecido como Chorão, também um dos que conduziram a greve de maio de 2018, disse a O Antagonista não aprovar as ameaças de nova paralisação feitas por alguns colegas.

Como mostramos mais cedo, alguns caminhoneiros ameaçam parar se o Supremo derrubar a prisão de condenados em segunda instância.

“Eu luto pelas pautas da categoria. Temos essa questão do STF: tudo bem, eu sou contra que derrubem a prisão na segunda instância. O Lula, ou seja lá quem for, se cometeu crime e foi condenado, tem que cumprir pena, tem que ficar preso. Mas essa é uma questão geral da população. A gente tem que ter seriedade.”

Chorão acrescentou que “usar o nome da categoria em pautas que não são da categoria” enfraquece a luta dos caminhoneiros.

“Cada um tem direito de tomar posição, mas não é bom levar o nome da categoria. Hoje temos dois grupos na categoria: o público do caos e o da ordem. Eu sou do lado da ordem. Falar que vai pegar caminhão e subir a rampa do STF? A gente sabe que não funciona assim. A gente nem sequer resolveu o problema da categoria, vai querer resolver o do STF? Temos que ter maturidade.”

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler