Caminhão com CRLV de 2015 e R$ 20 mil em multas é preso com madeira irregular

viautura da PRF

Caminhão foi apreendido em Gravatá

Um caminhão com mais de R mil em débitos foi flagrado com 32 m³ de madeira irregular na segunda-feira (7), na BR 232, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O flagrante foi realizado durante uma ação integrada da Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais constataram que dois homens transportavam madeiras do tipo Jatobá e Angico sem a devida licença ambiental.

A abordagem foi realizada pela 5ª Companhia Independente da PM, que encaminhou o caminhão até o posto da PRF de Gravatá, localizado no quilômetro 71 da rodovia. Questionados pelos PMs, os caminhoneiros informaram que a carga havia saído de Dom Eliseu, no Pará, e seria entregue em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco.

Leia Também:

SUBSÍDIOS PARA CAMINHONEIROS ESTÃO PARADOS NO BNDES.


Ao realizar uma verificação no caminhão, foi constatado que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) estava atrasado desde 2015, e o veículo possuía débitos de R$ 21.232,69. Além da autuação de trânsito, a carga foi encaminhada à Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH), que emitiu multas no valor de R$ 9.600,00. 

A equipe lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para os ocupantes do caminhão, por transportar madeira sem licença válida. O veículo foi recolhido ao pátio para regularização e a carga deverá ser doada para instituições sociais.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário...