Morando vai a Mercedes pedir contratação dos trabalhadores demitidos da Ford

O prefeito Orlando Morando com o presidente da Mercedes, Philipp Schiemer

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB) esteve nesta quarta-feira (11/09) com o presidente da Mercedes-Benz no Brasil e na América do Sul, Philipp Schiemer e firmaram parceria para contratação preferencial de ex-funcionários da fábrica da Ford, cuja operação foi assumida pelo Grupo Caoa, que não irá manter todo o contingente de trabalhadores. O compromisso foi selado em reunião realizada na sede da montadora alemã na cidade. O encontro contou ainda com a presença do Diretor de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais da Mercedes-Benz do Brasil e presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo, Hiroyuki Minami.

A reunião, de aproximadamente uma hora, estabeleceu um cadastro preferencial de ex-funcionárias da fábrica da Ford de São Bernardo que deverá ser utilizado para preenchimento de futuras vagas a serem abertas pela Mercedes-Benz na sua planta instalada no município. Este é o segundo acordo firmado pelo prefeito Orlando Morando com montadoras do ABC com o objetivo de garantir a manutenção de empregos de profissionais desligados da montadora americana. Em agosto, parceria similar foi oficializada com o presidente da General Motors na América do Sul, Carlos Zarlenga.



“O encontro com a direção da Mercedes foi muito positivo. A proposta do cadastro foi muito bem recebida pelo presidente da montadora no Brasil, Philipp Schiemer. Mais uma prova de que a Mercedes continua acreditando firme na nossa cidade. Investindo, gerando novos empregos e mais recentemente retomando o segundo turma na sua produção de ônibus. Fica aqui meu agradecimento a toda direção da empresa”, afirmou o chefe do Executivo.

“Fica aqui meu agradecimento ao prefeito Orlando Morando pela parceria. Nós temos tido uma colaboração muito boa da Prefeitura, incluindo, agora a prevenção de novas enchentes que é uma preocupação de todos nossos funcionários”, destacou Schiemer, ao frisar os últimos investimentos na cidade. “Apenas neste ano, a Mercedes-Benz já contratou  700 funcionários na fábrica de São Bernardo, o que tem ajudado a cidade a crescer”.

Em agosto, a Mercedes retomou o segundo turno da produção de chassis de ônibus em São Bernardo. A operação com turno único acontecia desde 2016 e a mudança foi impulsionada pela renovação da frota dos coletivos em São Paulo. Além disso, a empresa vai entregar R$ 1,4 bilhão de investimento da nova linha de caminhões em 2020.

Em nota a assessoria de imprensa da Mercedes reafirmou a contratação de 700 trabalhadores este ano e que não há, no momento previsão de novas. “O prefeito esteve na Mercedes-Benz hoje e destacou que a prefeitura está centralizando os currículos dos ex-colaboradores da Ford, liberando para a Mercedes-Benz o acesso ao banco de dados para consultar esses currículos. A Mercedes-Benz lembrou ao prefeito que já fez 700 contratações neste ano e que no caso de eventual vaga no futuro, a empresa, uma vez com acesso ao banco de dados, poderá considerar os ex-colaboradores no processo de seleção se o seu perfil se encaixar na vaga”.

No início do mês, o prefeito Orlando Morando, e o governo de São Paulo, na administração de João Doria, oficializaram ainda a reversão de uma das situações mais dramáticas dos últimos tempos, em termos de impactos negativos para cidade e Estado. Trata-se da entrada do Grupo Caoa para a compra da fábrica da Ford, localizada em São Bernardo, com a garantia da manutenção de 650 postos trabalho e a recontratação de outros 850 profissionais desligados da montadora americana.

Fonte: Reporte Diário

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler