Caminhoneiros são sequestrados em Paranaguá

Dois caminhoneiros que trabalham na mesma empresa foram sequestrados no litoral e libertados pelos criminosos, na madrugada de quinta-feira, 19, por volta de 1h, na região do Embocuí, em Paranaguá.
De acordo com os motoristas, eles ficaram no mesmo cativeiro.
PRIMEIRO SEQUESTRO
O primeiro motorista sequestrado tem 43 anos e mora em Ibiporã, interior do Paraná. Ele relatou que na noite de terça-feira, 17, parou em um restaurante na BR-277, para jantar, quando foi surpreendido por uma mulher, que pediu ajuda para trocar o pneu do carro. Enquanto conversava com ela, um homem encapuzado apareceu. Armado, o indivíduo rendeu o caminhoneiro e exigiu que ele entrasse na cabine. Ele foi obrigado a dirigir o caminhão até o Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá.
Nas proximidades da entrada da cidade, já na madrugada de quarta-feira, 18, o suspeito mandou o motorista parar o caminhão e dois comparsas entraram na cabine. Armados e encapuzados, os criminosos colocaram um capuz no caminhoneiro e o levaram de carro, até a casa que serviria de cativeiro.
ÁGUA E BOLACHA
Durante o tempo em que permaneceu no local, o motorista recebia como alimentação bolachas e tomava apenas água. Ele era ameaçado de morte a todo instante pelos criminosos.
Com o cartão de crédito da vítima, os sequestradores chegaram a fazer uma compra, no valor de R$ 200,00.
SEGUNDO SEQUESTRO
O segundo sequestro teria ocorrido, na madrugada de quarta-feira, 18, por volta das 2h, quando a segunda vítima chegava ao Pátio de Triagem. O motorista viu o outro caminhão da empresa parado perto da entrada do estacionamento. Desconfiado, ele parou o veículo que conduzia e desceu. Enquanto caminhava, na direção do caminhão, o homem de 40 anos, também morador em Ibiporã, foi rendido por três indivíduos, armados com uma faca. Ameaçado de morte, ele foi colocado em um carro, possivelmente um GM Chevette, e encapuzado. O motorista foi levado para o mesmo cativeiro onde estava o outro caminhoneiro.
LOCALIZADOR
Contando com as informações do sistema de localização dos veículos e suspeitando da demora no contato com os motoristas, um representante da transportadora foi até o pátio e conseguiu encontrar um dos caminhões, abandonado em um terreno baldio, no bairro do Embocuí.
Possivelmente, o veículo ficou parado nas proximidades do estacionamento, enquanto os criminosos tentavam negociar a carga. Durante esse tempo eles mantiveram o motorista refém.
O outro caminhão teria sido localizado em um posto de combustível, na região de São José dos Pinhais.
Os dois veículos estavam carregados com farelo de soja.
LIBERTADOS
Percebendo a movimentação de funcionários da transportadora na região e junto ao caminhão abandonado, os sequestradores libertaram os dois motoristas perto de uma empresa no bairro do Embocuí. Eles pediram socorro para populares e acionaram a Polícia Militar.
Várias viaturas fizeram patrulhamento pela região, mas não foram encontrados suspeitos.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: “ca-pub-4997655553752109”, enable_page_level_ads: true });

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler