Bitrens são flagrados sem proteção de carga

Determinação do Contran para usar proteção começou a valer.
Motorista pode ter veículo retido, além de 5 pontos na CNH e multa.

Começou a valer nesta quinta-feira (1º) uma determinação do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que obriga os caminhões com carga a granel ter uma lona ou tela que proteja a carga, para não cair na pista. Mas o TEM Notícias flagrou nesta quinta vários caminhões na região de Araçatuba (SP) andando sem a proteção nas rodovias. 

Em apenas dez minutos que a equipe ficou em frente a uma usina de açúcar e álcool na região de Araçatuba, foram flagrados três bitrens fazendo transporte irregular. Segundo a assessoria de imprensa da usina de onde os caminhões saíram, esses veículos são de uma empresa terceirizada e que já foi pedida a adequação dos veículos.



Em 2014, o Contran estabeleceu como obrigatório o uso de lonas e telas de proteção em todos  os caminhões que transportam carga a granel, como grãos e a palha da cana. Na época, as usinas pediram um tempo para se adequar e esse tempo foi dado, mas a partir desta quinta-feira a medida começa a valer.

O motorista que for flagrado com caminhão sem proteção terá o veículo retido e são cinco pontos na carteira, além de multa de R$ 127,69. “Todo trecho onde tem usina haverá fiscalização. A norma precisa ser cumprida pelos proprietários dos veículos”, afirma Gercimar dos Santos, tenente da Polícia Rodoviária Estadual.

Sem proteção, esses caminhões vão deixando palha e bagaço para todo lado. Esse material acaba se acumulando em canaletas da rodovia e prejudicam o escoamento da água da chuva.
Segundo a concessionária que administra a rodovia Marechal Rondon, por ano, são recolhidas 450 toneladas de lixo do trecho de Castilho (SP) a Bauru (SP) e boa parte desse lixo é palha e bagaço de cana. Mas, além disso, o mais grave mesmo é a possibilidade de acidentes. “Além de atrapalhar o trânsito e sujar a pista, é um perigo para o motorista que vem atrás, ainda mais em pista simples”, diz o bancário Fabiano Castilho.

Fonte: G1

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler