CUIDADO: Criminosos anunciam frete de carga pela internet para roubar caminhão


Motorista foi abordado em Campinas e libertado em Americana após ficar cerca de 24 horas como refém

Criminosos anunciaram em um site específico para caminhoneiros um frete de carga para roubar caminhão e semi-reboque. O roubo foi concretizado em Campinas e a vítima foi libertada em Americana, após ficar cerca de 24 horas refém.

O motorista, que é proprietário de uma emprega que fica em Itaquaquecetuba (SP), viu no site, na sexta-feira, anúncio de frete de uma carga de tintas que deveria ser carregado em Campinas e descarregado em Ponta Porã (MS).



Ele telefonou para o agenciador indicado na página, que lhe pediu para enviar cópias do documento do veículo e da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e, em seguida, o proprietário da carga entraria em contato.

No dia seguinte, um homem ligou para o motorista, disse que era o proprietário da carga e pediu informações do comprimento da carroceria e se havia rastreador no caminhão. O veículo vale cerca de R$350 mil.

Ainda por telefone, os dois combinaram o valor do frete e o contratante disse para o motorista fazer o carregamento na avenida Roque Melilo, em Campinas. Quando chegou no endereço, no sábado à tarde, o motorista foi atendido por dois homens. Eles pediram o documento do veículo e, em seguida, anunciaram o roubo.

Na sequência, um VW Voyage se aproximou. Dentro do carro estavam um homem, como passageiro, e uma mulher, na direção. O motorista do caminhão foi colocado dentro do veículo e foi levado para uma chácara, em Nova Odessa. A vítima foi mantida refém nesse local até as 16h20 de domingo, quando foi colocado no carro e o abandonado na rua Antonio Felipe Caram, bairro Chácara Letônia, em Americana.

O motorista foi até a Polícia Rodoviária, comunicou o roubo e o caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária). Consultada, a empresa informou que o caminhão estava no Paraguai. A investigação do caso será conduzida pela Polícia Civil de Campinas, onde o roubo aconteceu.

Fonte: Liberal

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler