Bando sequestra caminhoneiro para roubar 35 toneladas de cloreto de potássio em Cubatão

Avaliada em R$ 47.770,10, a carga seria levada para Uberada (MG); caminhão foi localizado sem as carretas

Cinco homens sequestraram um caminhoneiro para roubar a carga de cloreto de potássio que ele transportava, no sábado (20) à noite, em Cubatão. Para a prática do crime, a quadrilha utilizou um caminhão Mercedes-Benz azul com baú e um carro preto pequeno. Os veículos não tiveram as placas anotadas.


Com 35 anos de idade, o motorista havia carregado 35,2 toneladas de cloreto de potássio em uma empresa de Cubatão. Avaliada em R$ 47.770,10, a carga seria levada para Uberada (MG).


Momentos após sair da empresa, o caminhoneiro iniciou a viagem à cidade mineira e teve o Scania que dirigia interceptado pelo Mercedes-Benz no km 259 da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, no Distrito Industrial.



No caminhão azul estava apenas o motorista. Logo em seguida, parou ao lado do Scania o carro preto com quatro homens armados e encapuzados. Eles renderam a vítima, encobriam a sua cabeça com um pano e a colocaram no automóvel.


Após o carro rodar por aproximadamente meia hora, o caminhoneiro foi retirado do veículo e levado a um matagal, onde permaneceu até as 8 horas deste domingo (21) sob a vigilância de dois criminosos.


Neste horário, a dupla colocou a vítima de novo no carro e a deixou próximo à rodovia, dizendo que as duas carretas nas quais era levado o cloreto de potássio seriam abandonadas em algum lugar, pois o interesse do bando era apenas pela carga.


O roubo foi registrado pelo delegado Fábio Szabo Guerra, na Delegacia de Cubatão. Sem as carretas, o caminhão Scania já foi encontrado. 

Fonte: A Tribuna

brasildotrecho:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies.

ler